NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

quinta-feira, 1 de abril de 2021

Primeiro Livro solo de Lindomar Expedito Silva Darós: Adoção judicial de filhas e/ou filhos em conjugalidades LGBTTIQ – rupturas com a heteronormatividade

Em Neon: quinta-feira, 1 de abril de 2021

Trata-se de um livro que é um desdobramento da tese de doutorado do autor, defendida em 2016. O livro foi publicado em fevereiro de 2021. A escrita tem uma perspectiva coletiva, visto que o autor utilizou, de modo singular, os pressupostos metodológicos da cartografia, pesquisa-intervenção, história oral e narratividade. Toda a escrita foi, em sua elaboração, sendo compartilhada e criticada pelas pessoas que dela participaram. Isto possibilitou uma escrita prazerosa, longe das queixas tão comuns que a produção de uma escrita seja algo solitário e sofrido. O livro estrutura-se em seis partes e treze capítulos, com apresentação de Beatriz Adura Martins, prefácio de Esther Maria de Magalhães Arantes e orelha de Rick Santos. A narrativa tem início com o posicionamento contrário de Norma dos Deuses, uma promotora pública, em um processo de habilitação para adoção de um casal de homens. Segue com uma reflexão sobre os afetos e efeitos daquele que pesquisa, passa pela apresentação do processo metodológico e adentra questões sobre os cuidados com crianças no curso da história, inclusive com a invenção do conceito de infância.

Discute-se modos diversos de ser família e cuidar de crianças diversas do modelo nuclear e heternormativo, forjado pelo patriarcado. Apresenta-se não apenas as transformações no curso da história, mas a coexistência de contemporâneas de famílias e cuidados, inclusive de culturas que não têm em sua língua mãe equivalentes linguísticos para as palavras “marido” e “pai”, explicitando deste modo que o imaginário da diferenciação de gênero/sexo para o processo de subjetivação das crianças constitui-se uma, dentre tantas possibilidades.

O livro é constituído por vinte e uma história, à exceção da primeira, que se refere a uma adoção por irmãos, todas se referem a casais LGBTTIQ, com filhos por via da adoção legal ou mesmo fraudulenta, ou ainda a espera da chegada da criança, através do sistema nacional de adoção e acolhimento. Importante considerar que se trata de um livro que afirma a diferença como potência, sendo também uma denúncia em situações que houve preconceito e discriminação a conjugalidades não normativas.

CLIQUE AQUI para comprar o livro!



 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code