NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

Entretenimento

Mundo LGBTI

.

Divertidíssima

GALERIAS

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Teatro Rival Petrobras apresenta: DragStar é um concurso para drags de todos os estilos e tempo de carreira

Em Neon: segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Inspirado no formato dos reality shows The Voice, XFactor e American Idol, o DragStar é um show de talentos que busca encontrar a Drag mais completa para receber o título de “Drag da Cidade: Rainha do Rival”, além de premiações em produtos e em dinheiro.

Apresentado pela dona de concurso mais carismática da cidade, Miami Pink comanda o DragStar acompanhada do time de jurados formados por Chloe Van Damme, Karina Karão, Ravena Creole e Samara Rios, que são as madrinhas das candidatas selecionadas.

Cada jurada adotou 4 candidatas na primeira etapa, que serão amadrinhadas por elas em suas performances durante a competição, as madrinhas assumirão o papel de mentoras para as candidatas ao título.

Na primeira etapa apenas 16 drag queens foram amadrinhadas pelas juradas! Na segunda etapa, agora em Setembro, as 16 candidatas irão performar e serão avaliadas pelo público e pelo jurados afim de compor os times que irão batalhar na etapa de Outubro! Você não pode perder essa noite!

Serviço
Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Data: 19 de setembro (Quarta). Horário:19h30. Abertura da casa: 18h. Ingressos: Setores A, B e Mezanino – R$ 30,00 (Inteira), R$ 15,00 (meia-entrada). Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/Ingressos2z0P23j. Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.
*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras, Clientes com Cartão Petrobras e Assinantes O Globo

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Drag Velma Real lança primeiro single 'Puro Veneno' com participação do cantor e compositor trans, Kaique Theodoro

Em Neon: sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Aposta do pop, a drag Velma Real lança primeira música e clipe da carreira, com participação do cantor trans Kaique Theodoro

Um novo nome surge no mundo da música pop. Trata-se da drag Velma Real, que lança o seu primeiro single, “Puro Veneno”, já com clipe, que conta com a participação do cantor e compositor trans Kaique Theodoro.

- O nome Velma veio de uma pesquisa sobre as Femme Fatales do Cinema. Queria um nome forte, mas também que os brasileiros conhecessem. Daí surgiu Velma. O sobrenome veio do concurso “Rival Rebolado”, apresentado por Leandra Leal e Karina Karão, onde me apresentaram como “Velma Real” por conta do meu instagram (@velmareal). Desde então, meus amigos começaram a brincar com a ideia de Velma Real e eu resolvi aderir. Hoje em dia, não me vejo sem o sobrenome. Obrigada, Leandra! – revela Velma.

O start para o “nascimento” da personagem se deu quando ela participou do musical “Kinky Boots” interpretando a protagonista Lola.

- Considero o dia da estreia do musical, seis de dezembro de 2017, como nascimento da Velma. Depois disso, ingressei em outros musicais sendo drag, como em “Rapsódia, O Musical” e numa versão de “Pequena Sereia” em que vivo a bruxa do Mar. Participei também de “Beatles num céu de diamantes” também como drag - conta.

A primeira música de trabalho, composta por Velma em parceria com André Sigom, conta a história de uma garota que sempre tentou fazer tudo da maneira certa, mas, em determinado momento, tudo muda quando ela percebe que o mundo é das bad girls. A partir daí, ela muda suas características e sua forma de ver o mundo, começa a falar o que pensa, doa a quem doer, e a querer causar, provocar. Passa a ser uma mulher que sabe o que quer.

O clipe de Puro Veneno é dirigido por Leonardo Rocha e recria a temática da música com uma versão mais lúdica. Há uma versão sem cortes do vídeo que conta com uma cena de introdução onde Velma aparece de uma forma “mais meiga e fofa” sendo atacada de forma feroz na internet.

- Decido então tomar veneno e é ele que me transforma na mulher forte e decidida que tanto admiro. E tenho várias como referência pessoal e profissional – completa a drag.

O single conta com a participação de Kaique Theodoro, cantor e compositor trans, que também contracena no vídeo da música.

- Ele tem somente 24 anos e já carrega grandes experiências. Transexual, ele não se intimida e é o primeiro homem trans a se apresentar musicalmente pelas noites cariocas. É uma grande honra tê-lo nesse pontapé inicial do meu trabalho – completa Velma.

Entre suas inspirações estão outras grandes artistas do universo LGBTQ+, como Gloria Groove, Penelopy Jean, Karina Karão e o ícone Pabllo Vittar. Além delas, outras referências em seu trabalho são as norte-americanas RuPaul e Shangela.

- Tive a honra de abrir o show da Shangela esse ano, isso foi inspirador e um momento único – ressalta.

O single e o clipe de “Puro Veneno” estreou na última quarta-feira (13 de setembro) no canal de Velma.

Confira o vídeo abaixo:

Começa hoje a temporada do musical sobre Dona Ivone Lara, no Carlos Gomes

Fotos: J. Vitorino

A primeira mulher a ter um samba cantado por uma grande escola – o Império Serrano, em 1965. A melodista prodigiosa. A sambista reverenciada por todas as gerações. O “laraiá” mais bonito que já se ouviu. A enfermeira da equipe da psiquiatra Nise da Silveira. A mulher negra que enfrentou todos os percalços da vida sem perder a ternura. A mãe, a avó, a parceira.



Alvo de controvérsia por conta do tom da pele de sua protagonista, o musical Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro apresenta a partir desta sexta, 14, no Teatro Carlos Gomes, no Rio, todos os afetos e as conquistas da “primeira-dama do samba”.



A pré-estréia vip para convidados, aconteceu na noite de anteontem, quarta-feira (12), foram muitos sorrisos negros e muita felicidade. Exatamente como Dona Ivone Lara cantou em um de seus maiores sucessos: "um sorriso negro, um abraço negro, traz felicidade".A estreia vip do musical Dona Ivone Lara - Sorriso Negro lotou as dependências do teatro e deixou muitas pessoas com os olhos marejados. Alcione, Lázaro Ramos, Vera Holtz, Carla Diaz, Romeu Evaristo, Cinara Leal, Quitéria Chagas, Lelezinha, Nando Cunha, Isabelita dos Patins, Jane di Castro, entre outros, aplaudiram entusiasmados a homenagem à sambista.



O espetáculo, que traz nos papel principal as atrizes Dandara Mariana, Heloísa Jorge e Fernanda Jacob, destaca a trajetória da artista, que morreu em abril aos 97 anos. A vida de Dona Ivone Lara é contada em dois atos que misturam três tempos diferentes, sem ordem cronológica, surgindo em cena com três idades, aos 12 anos, aos 26, e aos 80, épocas que marcaram sua vida, e explicam quem ela foi verdadeiramente.O musical traz de volta aos palcos a atriz Isabel Fillardis e André Lara, neto da homenageada, faz sua estreia como ator.Ao final da apresentação, a cantora ALCIONE surpreendeu a todos com um show surpresa.



Fotos da noite de estreia para convidados do musical “Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro”, quarta-feira, 12, no Teatro Municipal Carlos Gomes. A noite contou com várias artistas e pessoas influentes na sociedade. Antes do espetáculo, no foyer do teatro,  tivemos uma roda de Jongo da Serrinha.



SERVIÇO 
Dona Ivone Lara - Sorriso Negro
Teatro Carlos Gomes (Praça Tiradentes s/n)
Sextas e Sábados, às 19h - Domingos, às 17h
Ingressos a partir de R$ 40
Temporada até 25 de novembro
Classificação etária: 12 anos 

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Revelação da música maranhense, Vinaa, desembarca na Bahia, com turnê nacional

Em Neon: quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Foto: Veruska Oliveira
O cantor e compositor maranhense Vinaa desembarca na Bahia com a “Tournée Bordel Brasil 2018-2019” para duas apresentações nos dias 21 e 22 de setembro, nas cidades de Salvador e Cachoeira, com participações especiais de Fábio Haendel e Coletivo Das Liliths.

No show “Bordel de Amianto”, homônimo do primeiro disco “Bordel de Amianto e a Glória dos Loucos Por Sex Appeal”, além de interpretar canções autorais, como “Moço Bonito”, “Heróis da Noite”, “Malevollo”, “Saga de um Eterno Seguidor” e “Nunca Mais Transe Comigo”, Vinaa leva para o público sucessos eternizados pelos bordeis do Brasil, com influências do tropicalismo de Caetano Veloso, da força de Ney Matogrosso, do romantismo de Cazuza e do jazz-pop da Blood, Sweat and Tears.

Foto: Dael Oliveira
Um manifesto pela liberdade de expressão sexual e um verdadeiro grito pela diversidade de gêneros, o show traz ao palco, o artista queer acompanhado dos músicos Marcelo Falcão (baixo), Façanha e Edwin (guitarras), Ronaldo Lisboa (bateria), Raphael Marques (teclado), Carol Borges (percussão), Bigorna (trompete) e Kleiton Groove (trombone).

Salvador recebe a primeira apresentação no dia 21 de setembro, às 19h30, na Praça Tereza Batista, Pelourinho, com acesso gratuito. Já em Cachoeira, a turnê chega no dia 22 de setembro, às 19h30, no Cine Theatro Cachoeirano. Os ingressos para a apresentação podem ser adquiridos no local, no dia do evento, por R$ 10 (inteira) e R$5 (meia).

A “Tournée Bordel Brasil 2018-2019” já passou por Campo Grande (MS), João Pessoa (PB), Teresina (PI), São Luís (MA) e Sobral (CE).

Foto: Fábio Matta
Sobre Vinaa
Revelação da música maranhense, Vinaa percorre o Brasil misturando ritmos tropicais com mensagens carregadas de representatividade do seu primeiro disco, que conta com a direção artística do aclamado compositor Cury Heluy. Em tempos de intolerância, Vinaa apresenta um trabalho artístico influenciado pelo trop rock e jazz pop, usando a música para enaltecer o orgulho à liberdade sexual e à diversidade de gêneros.

Foto: Dael Oliveira
Serviço
Vinaa - Tournée Bordel Brasil
Salvador
Data: 21 de setembro (sexta)
Horário: 19h30
Local: Praça Tereza Batista, Pelourinho
Gratuito

Cachoeira
Data: 22 de setembro (sábado)
Horário: 19h30
Local: Cine Theatro Cachoeirano
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$5 (meia)
Maiores informações: (71) 99272-0745
Classificação indicativa: 12 anos

CASACOR Rio de Janeiro realiza festa Cazuza 60 Anos

Com abertura oficial no dia 18 de setembro, a CASACOR Rio de Janeiro ganha um evento prévio para homenagear um dos maiores artistas do Brasil. Em benefício da Sociedade Viva Cazuza,a  festa Cazuza 60 Anos acontece no dia 13 de setembro, quinta-feira, na Glória.

Na ocasião, os convidados realizarão um tour em primeira mão pelos ambientes da mostra, além de shows de George Israel, DJ Papagaio e coquetel do Cooking Buffet, de Adriana Mattar e Ana Cecília Gros.

Com o objetivo de apoiar pessoas com o vírus HIV, a Sociedade Viva Cazuza foi criada em 1990 pelos pais, amigos e médicos do cantor. Sob a coordenação de Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, a instituição dá assistência e prevenção à AIDS, possibilitando qualidade de vida aos afetados direta ou indiretamente pela doença, principalmente a população carente.

Para participar do evento, é preciso acessar o site da fundação e contribuir com 350 reais. Os convites não serão vendidos pela organização da CASACOR, assim como não estarão disponíveis na recepção da mostra.

SERVIÇO 
Festa Cazuza 60 Anos
Onde - CASACOR Rio de Janeiro 2018
Quando – 13 de setembro de 2018
Horário - Ladeira de Nossa Senhora, 163 – Glória
http://vivacazuza.org.br

terça-feira, 11 de setembro de 2018

‘Feijoada do Leão Lobo’ retorna dia 29 de setembro

Em Neon: terça-feira, 11 de setembro de 2018

Jornalista, ator, radialista e apresentador, Leão Lobo, atualmente no SBT no “Fofocalizando” e as segundas no “Programa do Ratinho”, considerado um dos mais queridos profissionais de imprensa brasileira e ícone da Comunicação, está de volta ao cenário dos eventos com a tradicional “FEIJOADA DO LEÃO”, que será realizada no próximo dia 29 de setembro, sábado, das 11 as 16 horas, no Buffet Manaus à Rua dos Franceses, 518, no Bixiga, próximo a Av. Paulista e Brigadeiro Luiz Antonio.

“Será uma honra retornar com a minha Feijoada, adianta-nos Leão Lobo, evento que se tornou, anos atrás, um marco entre os artistas na cidade de São Paulo, gerando um verdadeiro ponto de encontro de todos aqueles que apreciam a cultura e a descontração neste momento especial de lazer”, conclui.

Com produção da Coutinho Eventos, para o evento já estão confirmadas as presenças de Mamma Bruschetta, que comemorará seu aniversário durante a Feijoada, Lívia Andrade, atriz, modelo e madrinha de bateria da escola de samba Império de Casa Verde e Décio Piccinini, jornalista, editor de diversas revistas e apresentador de TV.

Como atrações artísticas, informa Maurício Coutinho, haverá “pocket” apresentações musicais da cantora Edith Veiga, cantor Velaske Braum, bateria feminina do bloco Black Soul Samba e número de jazz com Sergião Black Sou Samba.

Os convites custarão R$ 40,00 por pessoa, dando direito a feijoada e aos shows, com as bebidas vendidas a parte e já encontram-se à disposição pelo fone: 3253.2915 com Fernanda.

Serviço
Feijoada do Leão Lobo
Dia 29 de setembro, sábado, das 11 as 16 horas
Presenças confirmadas:
Mamma Bruschetta, Lívia Andrade e Décio Piccinini
Atrações musicais:
Edith Veiga, Velaske Braumn, Jazz com Sérgião Black Soul Samba e bateria feminina do Bloco Black Soul Samba
Local: Buffet Manaus - Rua dos Franceses, 518 – Bixiga
Convites: R$ 40,00 (incluso feijoada + shows) Bebidas a parte
Reservas:11 3253.2915

Simone Sampaio e Cantor Rodrigo Marim abrilhantam primeira edição do Brazilian Day no Panamá

Neste último domingo, 09 de Setembro, foi realizado a primeira edição do Brazilian Day no Panamá.  O evento que foi uma realização da empresária Brasileira Marcilia Luzbet, proprietária da Luzbet Productions, foi realizado no Recreational Park Omar Torrijos.

Pianista Cristian Budu abre, dia 13 de setembro, série de Concertos na Casa Firjan

©Kate Lemmon
Cinco concertos integram a programação musical do novo centro de inovação e empreeededorismo do Rio de Janeiro, com curadoria de João Guilherme Ripper

Aos 30 anos, estrela em ascensão, o paulista vencedor do Concurso Clara Haskil 2013 leva obras de Schumann e Chopin ao novo espaço

Em 2013, quando venceu um dos mais prestigiosos concursos de piano no mundo – o Clara Haskil, na Suiça -, Cristian Budu perdeu o anúncio dos classificados para a finalíssima, que ele venceria em seguida. Tinha ido jantar com a família, convencido de que não havia chance de ganhar. Cinco anos depois, morando na ponte Brasil-Alemanha e com a agenda repleta, ele já se estabeleceu como umd os brasileiros mais talentosos da nova geração.

Budu abre a temporada de concertos na Casa Firjan – nova série e também novo espaço para a música no Rio - na quinta-feira, dia 13, às 19h30. Este primeiro concerto, excepcionalmente, terá entrada gratuita, com inscrições pelo site www.firjan.com.br/casafirjan. Nos seguintes, os ingressos serão populares (R$ 10). A série tem programados mais quatro concertos até o fim do ano, com a curadoria do compositor João Guilherme Ripper.

Cristian Budu
Nascido em Diadema, São Paulo, filho de romenos, Cristian Budu revelou muito cedo seu talento, tocando Beethoven de ouvido no piano que o pai dedilhava. Aperfeiçoou-se na USP, com Eduardo Monteiro, e foi bolsista laureado no New England Conservatory, em Boston (para onde retornou para o programa Artist Diploma). Ganhou diversos concursos nacionais (Prelúdio, concurso Nelson Freire) e projetou-se internacionalmente ao vencer o prestigiosíssimo Concurso Clara Haskil, na Suíça – o único brasileiro vencedor na história da competição, que laureou nomes como Richard Goode, Christoph Eschenbach, Mitsuko Uchida e Evgeni Korolyov. Detalhe: o Clara Haskil premia apenas um concorrente – às vezes, nenhum. Budu recebeu ainda dois prêmios nessa edição, incluindo o do público.

Desde a estada em Boston, Cristian se dedica também a saraus em residências, numa forma de reunir músicos para tocar em pequenos grupos. A partir dessa experiência, criou no Brasil o projeto Pianosofia, que congrega músicos em ensaios coletivos para fazer música de câmera nas residências.  “Fazer música de câmera é uma alegria para o ouvinte e mais ainda para o músico, que passa a tocar e ao mesmo tempo ouvir em sintonia fina com o putro músico. E acordamos muitos pianos mudos nas casas”, diz Budu.

Para o concerto carioca, Budu escolheu duas peças que são, por assim dizer, coletâneas de momentos, compostas por Robert Schumann (1810-1856) e Fréderic Chopin (1810-1849). Kreisleriana (escrita em 1838), de Schumann, reúne oito movimentos; os Prelúdios, de Chopin, enfileiram 24 miniaturas, cada uma delas numa tonalidade. As duas peças – que Budu considera seus carros-chefe – percorrem alternadamente estados de espírito de luz e sombra, esperança e medo; as diferentes atmosferas estão refletidas em cada peça da Kreisleriana de Schumann e no arco estrutural dos Prelúdios.

“Robert Schumann tinha um emocional bipolar e reflete essa montanha-russa na peça, batizada em homenagem ao personagem do escritor alemão E.T.A. Hoffmann, o músico Johann Kreisler”, explica o pianista. “Já Chopin começou a compor os Prelúdios num momento de doença, de se ver entre a vida e a morte. À alegria se segue uma peça muito fúnebre, por exemplo”.

Arquitetura, patrimônio e música de concerto
“A associação de música de concerto e arquitetura é adotada em todo o mundo como estratégia de promoção da música de concerto e valorização do patrimônio histórico”, lembra João Guilherme Ripper, curador da série de concertos. A Casa Firjan, inaugurada dia 3 de agosto, é o antigo Palacete Linneo de Paula Machado, em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro, adquirida pela Firjan em 2011 e restaurada com extremo cuidado.

A Casa transformou-se, assim, de residência elegante de uma das famílias mais conhecidas do Brasil em centro de atividades culturais e de formação e pesquisa na inovação tecnológica da indústria criativa. Além do ambiente histórico, o espaço conta com um anexo em estilo contemporâneo, projetado pelo arquiteto André Lompreta de Oliveira. A edificação produz, ao mesmo tempo, integração dos espaços e um espetacular contraste com o casarão de 1913. Música, exposições, instalações, palestras, workshops, espaço para treinamento e para pesquisa são atividades programadas.

Nas salas de estar e jantar, acontecem cinco concertos até dezembro de 2018 (veja a programação abaixo, no serviço); a série abriga música de concerto, jazz, música brasileira instrumental e crossover.

Quinta - 13/9 – Cristian Budu, piano

Programa:

Kreisleriana – R.Schumann

Prelúdios – F. Chopin

SERVIÇO
Concerto Cristian Badu 
Data: Dia 13/09, quinta-feira
Horário: 19h30 
Entrada gratuita
Casa Firjan, Rua Guilhermina Guinle 211, Botafogo
Inscrição pelo site www.firjan.com.br/casafirjan

PROGRAMAÇÃO 2018:
18/10 – Quinteto Villa-Lobos
8/11 – Jean-Louis Steuerman, piano - Felipe Prazeres, violino – Marco Catto, viola – Marcus Ribeiro, violoncelo
22/11 – Leo Gandelman Quarteto
6/12 – Orquestra Johann Sebastian Rio

Casa Firjan, um legado para o Rio
A Casa Firjan tem um modelo de atuação diversificado com o objetivo único de refletir, criar e entregar soluções para os desafios da nova economia. Como um centro de inovação e empreendedorismo, a Casa Firjan integra uma programação de palestras, laboratórios de tendências e cursos a um ambiente de debate e elaboração de políticas públicas, que contempla ainda uma programação de atividades culturais.

Em um terreno de 10 mil m², na rua Guilhermina Guinle, a Casa Firjan abriga um novo prédio, de arquitetura contemporânea e premiada, e um patrimônio histórico restaurado, que inclui uma casa principal e duas casas geminadas construídas no início do século XX. A visitação continua gratuita durante o mês de setembro e depois em todas as terças-feiras do ano.

Mais informações
Firjan - Assessoria de Imprensa
(21) 3239-6330/ 97186-6599
imprensa@firjan.com.br
www.firjan.com.br

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Horror e Susto no Festival ‘Hell de Janeiro’ no Estação NET Botafogo

Em Neon: quarta-feira, 5 de setembro de 2018

O Festival ‘Hell de Janeiro’ acontece de 13 a 19 de setembro de 2018 na Estação NET Botafogo e Cinestar Special Laura Alvim. A abertura é na quarta, 12 de setembro, no Estação NET Botafogo
com exibição dos curtas cariocas: O PRIMEIRO PESADELO, O FEMININO MONSTRUOSO, ANIMALDIÇOADOS. Também serão exibidos:

- OS LONGAS ATERRADOS (ARGENTINA), FRAMED (ESPANHA), MONTRÉAL DEAD END (CANADÁ) E VELOCIPASTOR (EUA E CHINA) que ganham exibição inédita.

- Outros 3 programas de curtas temáticos completam a programação.

O Festival HELL DE JANEIRO 2018 traz 59 filmes de horror, terror e comédia assustadora, nacionais e internacionais da Alemanha, Argentina, Canadá, China, Dinamarca, Espanha, Estônia, EUA, Finândia, França, Hong Kong, Itália, Nigéria, Portugal, Reino Unido e Suíça.

Os filmes Aterrados (Argentina), Framed (Espanha), Montréal Dead End (Canadá) e VelociPastor (EUA e China) estreiam no festival. A Noite Devorou o Mundo (França), e o brasileiro O Nó do Diabo, que apresenta um histórico de violência e racismo em um engenho tomado pelo terror, também fazem parte da mostra de longas do Hell de Janeiro 2018.

Os curtas serão exibidos em 6 programas temáticos: “Primeiro Pesadelo” com os filmes que fazem muita criança cair da cama, “O Feminino Monstruoso” que desafia a visão patriarcal que coloca a mulher apenas como vítima nos filmes de terror, neste programa o protótipo de todas as definições do monstruoso é o feminino.

O “Canibais, Assassinos & Esfaqueadores”, “O Morto-Vivo”, “Fantasmas , Ficção Científica de Horror & Freaks”, e o “Animaldiçoados” com as animações mais sombrias dedicadas ao público adulto.

O Hell de Janeiro acontece de 13 a 19 de setembro de 2018 no Estação NET Botafogo e no Cinestar Special Laura Alvim.

A abertura oficial do festival será na quarta-feira, dia 12 de setembro no Estação NET Botafogo com a exibição do HELL CARIOCA - programa especial de curtas do Rio, com apresentação dos diretores e equipe dos filmes.

As produções selecionadas para festival proporcionam uma releitura provocativa de filmes de horror e terror. A programação completa e a classificação indicativa está no site www.helldejaneirofestival.com.br

HELL DE JANEIRO
de 12 a 19 de setembro 
Estação NET Botafogo
R$20,00 / R$10,00

LONGAS-METRAGENS NACIONAIS E INTERNACIONAIS
Aterrados
Demián Rugna/ 01:25:00/ ficção/ Argentina/ 2018)
Pessoas que desaparecem sem deixar rasto, mortos que regressam dos túmulos, vozes que se ouvem nos canos, entes invisíveis que matam, objetos que se movem sem explicação. O comissário Funes pede a ajuda a três especialistas em sobrenatural - Albreck, Jano e Rosentok - que irão colocar as próprias vidas em perigo para investigar os aterradores fenômenos paranormais que se parecem concentrar num bairro residencial de Buenos Aires.  Estreia.

Framed 
Marc Martínez Jordán/ 01:20:00/ ficção/ Espanha/ 2018)
Na festa de despedida de Alex com seus amigos, três invasores estranhos vão raptá-los com o único objetivo de jogar um jogo online mortal ao vivo, transformando toda essa tortura insana em um show viral.  Estreia.

Montréal Dead End 
Rémi Fréchette, Loïc Surprenant, David Émond-Ferrat, Eve Dufaud, Frérérick Neegan Trudel, Michael N’Dour, Emilie Gauthier, Priscillia Piccoli, Catherine Villeminot, Tiphaine Dereyer, Mara Joly, Charles Massicotte, Audric Cussigh, Quentin Lecocq, Hugo Belhassen, Gäelle Quemener, Julie De Lafrenière, Jimmy Pettigrew/ 1:26:36/ ficção/ Canadá/ 2017)
Na esquina St-Denis/ Maisonneuve, um buraco foi perigosamente aumentado. Desde então, uma estranha energia flui, transformando a atmosfera e as pessoas, criando um verdadeiro caos na metrópole. Os cidadãos estão ficando loucos, outros estão fisicamente se transformando em criaturas, a natureza está atacando os seres humanos… Estreia.

O Nó do Diabo
(Ramom Porto Mota, Ian Abé, Jhésus Tribuzi, Fabiano Raposo/ 02:08:00/ Brasil/ 2018)
Cinco contos de horror. Um engenho tomado pelo terror há mais de duzentos anos. Cinco encontros com a morte. Um nó que não se desata.

A Noite Devorou o Mundo
(Dominique Rocher/ 01:34:00/ ficção/ França/ 2018)
Quando acorda pela manhã, neste apartamento onde ainda ontem acontecia uma grande festa, Sam precisa aceitar os fatos: ele está sozinho e mortos-vivos invadiram as ruas de Paris. Aterrorizado, ele precisa se proteger e se organizar para continuar vivo. Mas Sam é realmente o único sobrevivente?

VelociPastor 
(Brendan Steere/ 01:10:00/ ficção/ EUA e China/ 2018)
Depois de perder seus pais, um padre viaja para a China, onde ele herda uma habilidade misteriosa que lhe permite transformar-se em um dinossauro. A princípio horrorizado com este novo poder, uma prostituta o convence de usá-lo para combater o crime. E ninjas.
Estreia.

PROGRAMAS DE CURTAS-METRAGENS NACIONAIS E INTERNACIONAIS
Hell Carioca
(01:23:00/ ficção/ Brasil - Rio de Janeiro)

Carne
(Mariana Jaspe/ 00:12:00/ ficção/ Brasil/ 2018)
Um jovem casal tem uma intensa e acalorada discussão na piscina. Quando um deles entra na casa, o outro é surpreendido por Àmân.
Estreia.

Mar de Monstro
(Isabella Raposo/ 00:19:00/ ficção/ Brasil/ 2017)
O menino é projecionista no cinema de uma pequena cidade litorânea, e todos os dias busca na estação de trem o filme que será exibido. Um dia o trem não chega, seu pai desaparece e as coisas em sua volta começam a se transformar.

Berenice
(Adriano Espínola Filho/ 00:27:46/ ficção/ Brasil/ 2018)
Berenice é um filme que retrata a transformação de uma jovem insegura e inadequada em uma assassina perigosa e manipuladora.

Ferida
(Rodrigo Leme/ 00:25:00/ ficção/ Brasil/ 2018)
Kira conversa com suas vítimas e não quer mais viver no galpão abandonado.

Primeiro Pesadelo
(01:48:49/ ficção/ vários países)

Judas
(Joel Caetano/ 00:05:00/ ficção/ Brasil/ 2015)
Sábado de aleluia é dia de malhar o Judas... você tem coragem?

A Boneca
(Gonçalo Morais Leitão/ 00:12:38/ ficção/ Portugal/ 2018)
Ela era uma criança, que os adultos monstros criaram com suas mágoas.
Estreia.

Off Kid
(João Folharini/ 00:08:00/ ficção/ Brasil/ 2018)
Sara é uma garota de 12 anos que acorda perdida e assustada no meio de um grande parque infantil, quando Pedro surge e a força a participar de um estranho jogo de gato e rato. Em meio a uma narrativa repleta de metáforas, Sara precisa enfrentar seus maiores medos para solucionar o mistério e retomar sua vida normal.
Estreia.

O Homem do Saco
(Christian Savi e Luiz Fernando Coutinho/ 00:23:41/ ficção/ Brasil/ 2017)
Numa pequena e isolada cidade do interior, um rapaz precisa buscar seu irmão caçula enquanto sua mãe está fora a trabalho. Com o Homem do Saco à espreita e uma criança desaparecida, manter seu irmão a salvo não será fácil.
Estreia.

Mar de Monstro
(Isabella Raposo/ 00:19:00/ ficção/ Brasil/ 2017)
O menino é projecionista no cinema de uma pequena cidade litorânea, e todos os dias busca na estação de trem o filme que será exibido. Um dia o trem não chega, seu pai desaparece e as coisas em sua volta começam a se transformar.

Milk
(Santiago Menghini/ 0:09:30/ ficção/ Canadá/ 2018)
Em uma noite, um jovem adolescente vai na cozinha para pegar um copo de leite. Ao encontrar sua mãe acordada, ele rapidamente percebe que as coisas não são como parecem.
Estreia.

Homesick
(Samuel Goodwin/ 00:13:00/ ficção/ EUA/ 2017)
Um menino, deixado sozinho durante uma ameaça não natural que destrói o mundo, se apega à sua rotina diária equanto ele espera sua mãe voltar.
Estreia.

O Feminino Monstruoso
(01:49:00/ ficção/ vários países)

Hair Wolf
(Mariama Diallo/ 00:12:12/ ficção/ EUA/ 2018)
Uma comédia de terror revitalizada que acontece num salão de cabeleireiro negro, onde o pessoal do salão se defende de um estranho novo monstro: mulheres brancas com a intenção de sugar o sangue da cultura negra.
Estreia.

Birthday
(Alberto Viavattene/ 00:15:00/ ficção/ Itália/ 2017)
Noite. Uma enfermeira abusiva vagueia pelos corredores de um asilo. Ela integra seu salário vendendo secretamente medicamentos prescritos para viciados e roubando dos pacientes mais vulneráveis. A única coisa que ela odeia mais do que seu trabalho são as pessoas idosas. Ao entrar no quarto 12, ocupado por três irmãs, ela descobre que uma deles acabou de fazer 100 anos: deve ter um presente de aniversário em algum lugar...que vai mudar suas vidas para sempre.
Estreia.

Satanica
(Vivienne Vaughn/ 00:09:00/ ficção/ EUA/ 2017)
Um psiquiatra é convocado para tratar uma cantora famosa, e começa a descobrir que ela pode não ser quem ela aparenta ser.
Estreia.

Bye Bye Baby
(Pablo Pastor/ 00:15:00/ ficção/ Espanha/ 2017)
Uma jovem mulher está prestes a passar uma noite tranquila em casa com a companhia de um filme. Depois do telefonema de uma amiga, tudo parece dar errado. O sentimento de angústia e confusão cresce a cada minuto nos eventos inexplicáveis que estão acorrentados na casa e uma pergunta atravessa sua mente, ela está realmente sozinha?
Estreia.

Ferida
(Rodrigo Leme/ 00:25:00/ ficção/ Brasil/ 2018)
Kira conversa com suas vítimas e não quer mais viver no galpão abandonado.

Bride of Frankie
(Devi Snively/ 00:18:48/ ficção/ Dinamarca/ 2017)
Neste aceno feminista ao Frankenstein de Mary Shelley, uma cientista não tão louca constrói uma companheira para a criatura solitária do seu mentor com resultados eletrizantes e mortíferos.

Sol
(Carlos G. Gananian/ 00:14:00/ ficção/ Brasil/ 2017)
Sol espera por um milagre. Espera que seu marido possa ser salvo. Nesse momento de angústia, uma voz familiar a atormenta. Martelando em sua cabeça, não lhe deixa em paz. Quer sangue… e sua alma.

Canibais, Assassinos & Esfaqueadores
(01:46:59/ ficção/ vários países)

Você é Diferente
(George Pedrosa/ 00:12:00/ ficção/ Brasil/ 2017)
Geovane é um serial killer iniciante, em um encontro com outra vítima ele acha alguém diferente e igual a ele.

Berenice
(Adriano Espínola Filho/ 00:27:46/ ficção/ Brasil/ 2018)
Berenice é um filme que retrata a transformação de uma jovem insegura e inadequada em uma assassina perigosa e manipuladora.

O Corpo Que Me Pertence
(Érico José/ 00:19:00/ ficção/ Brasil/ 2018)
Heitor precisa esconder que a morte está em seu quarto, mas será que ele conseguirá esconder isso de si mesmo?
Estreia.

Lunch Ladies
(Clarissa Jacobson Production e JM Logan/ 00:19:00/ ficção/ EUA/ 2018)
Duas senhoras merendeiras de uma escola secundária fazem de tudo para se tornarem chefs pessoais de Johnny Depp.
Estreia.

Coxinha 2 – O X Tudo 
(Cristiano Sousa/ 00:12:00/ ficção/ Brasil/ 2018)
Almira e Piedade são expulsas de casa e sem alternativa vão viver a mãe amorosa.
Estreia.

Les Fines Bouches
(Julien de Volte e Arnaud Tabarly/ 00:17:13/ ficção/ França/ 2017)
Completamente louco, com muita fome, "Os Comensais" formam uma família terrível e malvada. Vítimas da crise que afeta sua área, e sob a direção de Gertre, o patriarca, eles estão prontos para fazer qualquer coisa por comida, incluindo o pior.
Estreia.

O Morto-Vivo
(01:34:00/ ficção/ vários países)

Eternidade
(Flávio Carniell/ 00:13:00/ ficção/ Brasil/ 2016)
Bernardo e Emília, antes um casal feliz, estão separados pela maior tragédia humana: a morte. Procurando uma maneira de superar o impossível, um deles decide invocar a Deusa da Eternidade, uma entidade muito poderosa que pode ser mais perigosa do que jamais poderiam imaginar . Baseado no cinema expressionista alemão.
Estreia.

Você, morto
(Raphael Araújo/ 00:19:00/ ficção/ Brasil/ 2018)
O diretor de cinema independente Petter Baiestorff e o especialista em efeitos especiais Alexandre unem forças para a produção de um novo filme: Você, Morto.  Os personagens dessa produção são mascarados com rostos de pessoas mortas. Qualquer um está sujeito a ser um ator no filme de Petter Baiestorf.
Estreia.

Rewind
(Rubén Pérez-Barrena/ 00:12:32/ ficção/ Espanha/ 2016)
Elisabeth, uma jovem universitária, vai para a sua faculdade, em meio a um denso nevoeiro, preparada para estudar enquanto todos estão celebrando a noite de Halloween. Com a única companhia de seu walkman, o sono começa a tomar a preensão dela, mas ouve uma gravação em seu walkman, que desencadeará o assédio de uma presença aterrorizante…

Calipso
Paulo A. M. Oliveira e Pedro Martins/ 00:14:43/ ficção/ Portugal/ 2018)
Calipso fala sobre uma epidemia de origem fúngica, baseada num caso real que existe na natureza. Há um fungo parasita que altera o sistema neurológico dos seus hospedeiros e os transforma numa espécie de mortos-vivos.
Estreia.

A Triste Figura
(Calebe Lopes/ 00:18:00/ ficção/ Brasil/ 2018)
Maria é filha de um pastor evangélico cheio de segredos. Certa noite, pai e filha passam a ser seguidos por uma estranha figura encapuzada.
Estreia.

Besoin Dead
(Aurélien Digard/ 00:17:00/ ficção/ França/ 2017)
Em uma igreja, uma futura noiva se veste em segredo. Pouco antes de se encontrar com ela, o padrinho e o padre descobrem que a cidade foi invadida pelos mortos-vivos. Eles pegam as armas que podem e vão resgatá-la.
Estreia.

Fantasmas, Ficção Científica de Horror & Freaks
(01:52:00/ ficção/ vários países)

Arquitetura do Abismo
(Pietro Santurbano/ 00:17:00/ experimental/ Brasil/ 2018)
Nos sonhos tudo é silencioso.
Estreia.

Carne
(Mariana Jaspe/ 00:12:00/ ficção/ Brasil/ 2018)
Um jovem casal tem uma intensa e acalorada discussão na piscina. Quando um deles entra na casa, o outro é surpreendido por Àmân.
Estreia.

Casa Cheia
(Carlos Nigro/00:14:00/ ficção/ Brasil/ 2017)
Abandono: Ação de deixar uma coisa, uma pessoa, uma função, um lugar: abandono da família; abandono do posto; abandono do lar. Esquecimento, renúncia: abandono de si mesmo.
Estreia.

Casulos
(Joel Caetano/ 00:13:00/ ficção/ Brasil/ 2017)
Ela só queria descansar, mas algo vindo de muito distante atrapalha seus planos.

Zórnit
(Marcello Trigo/ 00:22:53/ ficção/ Brasil/ 2017)
Um escritor de ficção científica recebe a visita de um alien. A criatura controla sua mente e o escritor não saberá mais a diferença entre real e ficção. Baseado em um conto de Stephen King, direitos cedidos à produção pelo projeto Dollar Babies, que permite a diretores iniciantes adaptarem obras de King por um Dólar. O Brasil só produziu dois filmes deste tipo até hoje, Zórnit é o segundo.
Estreia.

BFF Girls
(Brian Lonano/ 00:13:28/ ficção/ EUA/ 2018)
Três garotas americanas estúpidas magicamente se transformam em belas super-heroínas japoneses e lutam contra um monstro de tampão quando começam a sua jornada para a feminilidade.
Estreia.

I Am the Doorway
(Simon Pearce/ 00:19:48/ ficção/ Reino Unido/ 2018)
Depois de uma viagem para investigar Plutão desolado, o astronauta Arthur retorna para casa, um homem despedaçado. Ele vê os olhos forçando o caminho através da pele de suas mãos, olhos que distorcem seus amigos e a própria paisagem em visões monstruosas. Acreditando ser a porta de entrada para a invasão alienígena e assassinato horrível, ele deve tomar medidas desesperadas.
Estreia.

 Animaldiçoados
(02:00:00/ ficção/ vários países)

Solito
(Eduardo Reis/ 00:05:00/ animação/ Brasil/ 2017)
A Solidão segue um Morador de rua pela cidade.

Fucking Skies
(Guilherme Teresani/ 00:05:00/ animação/ Brasil/ 2018)
Explosões, tiros e muitos Alienígenas virando pó sem propósito algum.

8 Patas
(Fabrício Rabachim, Gabriel Barbosa, Pietro Nicolodi/ 00:02:25/ animação/ Brasil/ 2017)
Ao receber uma visita inesperada, Beatriz se vê dentro de seu pior pesadelo. A aparição de uma pequena aranha transforma o conforto de seu lar em uma sucessão de desventuras, que provará que o maior perigo a enfrentar é o seu próprio medo.

Pulse
(Sarah Forest, Cécile Floucat, Pauline Javelot, Juliette Gales, Thibaut Wambre, Kevin De Garidel/ 00:07:00/ animação/ França/ 2018)
Jonas, um jovem sensível que vem de uma família de pescadores, descobre uma enorme baleia morta na praia, com arpões de todos os lados. Suas entranhas estão abaladas face a este massacre, ele sente a dor que passou. Ele é então dividido entre suas tradições e sua empatia pela natureza.

Stuck in the Middle
(Denis Fleurion, Etienne Bonafini, Romain Marchetti, Cécile Minaud, Julien Adoum, Léo Nezot/ 00:06:00/ animação/ França/ 2018)
Quatro amigos franceses estão fazendo uma viagem nos Estados Unidos. No meio do deserto, eles estão levando uma carona muito estranha. A partir deste momento a viagem não vai tão bem como eles pensavam.

The Bolt Connection
(Nicolas Lebas, Claire Cartier, Mathilde Dourdy, Thibault Grunenberger, Maurine Lecerf, Shih-Hui Pan/ 00:07:00/ animação/ França/ 2018)
Depois de um assalto que dá errado, um robô frágil que era o motorista de uma máfia robô acaba por estar na posse de algum saque que ele não deveria ter, um coração humano. Tentado pela oportunidade de ser como seus patrões, ele enxerta o coração em si mesmo e descobre a sensação de estar vivo. Mas aqueles breves instantes da vida têm um preço.

Les Éléphants Seront Contents
(Lucas Roussel, Charlotte Brun, Loïc Frimat, Vincent Labis, Adrien Lannoy, Alice Lepoutre/ 00:07:00/ animação/ França/ 2018)
Tríptico pós-apocalíptico, contemplando o estado do mundo depois que os humanos foram extintos. Os insetos substituíram os seres humanos e perpetuaram sua violência - um robô pinta um afresco em memória da civilização passada - e uma planta viva ambulante lista as últimas espécies de plantas sobreviventes.

Nocturne
(Anne Breymann/ 00:15:19/ animação/ Alemanha/ 2017)
À noite, as criaturas da floresta se reúnem para jogar, colocando seus mais íntimos em jogo.

Stuffed
(Élise Simoulin, Édouard Heutte, Clotilde Bonnotte, Anna Komaromi, Marisa Di Vora Peixoto, Helena Bastioni/ 00:07:00/ animação/ França/ 2018)
Um gato emocionalmente instável faz um estranho encontro que o ajuda a crescer e aprender a superar sua raiva.

Sound
(Laureline Paul-Constant, Hugo Caby, Aurélien Issadi, Paco Dutoit/ 00:04:00/ animação/ França/ 2018)
Registro de um dia normal. Todo o trabalho e nenhum jogo no coração de uma cidade com suas luzes brilhantes e sons múltiplos. Cercado por uma multidão de estranhos.

Touch
(Rachel Anciaux, Laurence De Wilde/ 00:04:00/ animação/ França/ 2018)
Uma moça vai para casa cansada…

Miller Fisher 
(Faiyaz Jafri/ 00:09:18/ animação/ EUA/ 2016)
Miller Fisher amalgama a experiência distorcida visual, física e existencial de uma desordem auto-imune com o mesmo nome, com a estética e vernáculo do GIF animado.

Supersad 
(Faiyaz Jafri/ 00:03:13/ animação/ Hong Kong/ 2018)
Era uma vez em um estacionamento deserto, em uma galáxia muito distante, tudo vira arco-íris, arco-íris e arco-íris...

Amoricania
(Faiyaz Jafri/ 00:05:16/ animação/ Hong Kong e EUA/ 2017)
Uma representação pós-moderna de Americana, criando uma narrativa através de um sistema de neo-arquétipos que trabalham juntos; hiperrealidade prestada em hiper-irrealismo.

Agouro
(David Doutel e Vasco Sá/ 00:15:15/ animação/ Portugal/ 2018)
Perto da casa onde vivem dois primos, o inverno intenso gelou a superfície do rio. Envolta pelo vento gelado que faz nesse dia, a grosseria das relações entre os primos cresce, atingindo o limite.

Coyote
(Lorenz Wunderle/ 00:09:55/ animação/ Suíca/ 2017)
Um coiote perde sua esposa e filhos de um ataque de lobos. Angustiado com as emoções humanas ele está tentando processar a experiência. Além do sofrimento e da ilusão, o mal ocupa mais e mais espaço.

Fatcula
(Martinus Klemet/ 00:09:00/ animação/ Estônia/ 2016)
Uma clínica de cirurgia de beleza mística é construída ao lado de um clube desportivo que ameaça arruinar o dono do clube. O que está acontecendo nesta clínica? A solução parece estar dentro de uma garrafa de "Fat Burner ". Bem-vindo ao mundo do kitsch e mau gosto!

Death Van
(Michael Enzbrunner/ 00:06:00/ animação/ Canadá/ 2017)
O duo space-rock Death Van percorre um mundo em miniatura habitado por criaturas surreal que são assombrados por uma entidade ameaçadora e travessa.

Freak the Fxxk Out
(Kanso Ogbolu/ 00:04:15/ animação/ Nigéria/ 2017)
Uma coleção de histórias animadas assustadoras.

The Zoo
(Malakias/ 00:03:36/ animação/ Finlândia/ 2017)
Não há mais presidentes!

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK


PROGRAMAÇÃO COMPLETA 2018

Abertura do Festival - 12 de setembro de 2018, 21h10, no Estação NET Botafogo

Festival – de 13 a 19 de setembro de 2018, no Estação NET Botafogo e no Cinestar Special Laura Alvim.

12 de setembro de 2018, QUARTA
ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
21:10 - Hell Carioca (01:23:00/ ficção/ Brasil - Rio de Janeiro) - ESTREIAS - ABERTURA DO FESTIVAL
com a presença dos realizadores
aberto ao público


13 de setembro de 2018, QUINTA
ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
19:10 - Aterrados (Demián Rugna/ 01:25:00/ ficção/ Argentina/ 2018) ESTREIA
21:10 - Fantasmas , Ficção Científica de Horror & Freaks (01:52:00/ ficção/ vários países) ESTREIAS

14 de setembro de 2018
ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
19:10 - Framed (Marc Martínez Jordán/ 01:20:00/ ficção/ Espanha/ 2018) ESTREIA
21:10 - Primeiro Pesadelo (01:48:49/ ficção/ vários países) ESTREIAS

15 de setembro de 2018
ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
19:10 - Montréal Dead End (Rémi Fréchette, Loïc Surprenant, David Émond-Ferrat, Eve Dufaud, Frérérick Neegan Trudel, Michael N’Dour, Emilie Gauthier, Priscillia Piccoli, Catherine Villeminot, Tiphaine Dereyer, Mara Joly, Charles Massicotte, Audric Cussigh, Quentin Lecocq, Hugo Belhassen, Gäelle Quemener, Julie De Lafrenière, Jimmy Pettigrew/ 1:26:36/ ficção/ Canadá/ 2017) ESTREIA
21:10 - O Feminino Monstruoso (01:49:00/ ficção/ vários países) ESTREIAS

16 de setembro de 2018
ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
19:10 - VelociPastor (Brendan Steere/ 01:10:00/ ficção/ EUA e China/ 2018) ESTREIA
21:10 - O Morto-Vivo (01:34:00/ ficção/ vários países) ESTREIAS

17 de setembro de 2018
ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
19:10 - Canibais, Assassinos & Esfaqueadores (01:46:59/ ficção/ vários países) ESTREIAS
21:10 - O Nó do Diabo (Ramom Porto Mota, Ian Abé, Jhésus Tribuzi, Fabiano Raposo/ 02:08:00/ Brasil/ 2018)

18 de setembro de 2018
ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
19:10 - A Noite Devorou o Mundo (Dominique Rocher/ 01:34:00/ ficção/ França/ 2018)
21:10 - Animaldiçoados (02:00:00/ ficção/ vários países) ESTREIAS

19 de setembro de 2018
ESTAÇÃO NET BOTAFOGO
19:10 - Aterrados (Demián Rugna/ 01:25:00/ ficção/ Argentina/ 2018) ESTREIA
21:10 - Montréal Dead End (Rémi Fréchette, Loïc Surprenant, David Émond-Ferrat, Eve Dufaud, Frérérick Neegan Trudel, Michael N’Dour, Emilie Gauthier, Priscillia Piccoli, Catherine Villeminot, Tiphaine Dereyer, Mara Joly, Charles Massicotte, Audric Cussigh, Quentin Lecocq, Hugo Belhassen, Gäelle Quemener, Julie De Lafrenière, Jimmy Pettigrew/ 1:26:36/ ficção/ Canadá/ 2017) ESTREIA
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code