NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

Entretenimento

Mundo LGBTI

.

Divertidíssima

GALERIAS

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Acontece em São Paulo a 10ª edição do Drag Contest

Em Neon: quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Em sua 10ª edição, o Drag Contest figura-se como um evento que objetiva divulgar a cultura Drag e incentivar novos talentos para despontar na cena paulista e combater o preconceito social.

Somente 14 vagas disponíveis
O Drag Contest acontece 02/12, sábado, 19h. Anfiteatro.
Não recomendado para menores de 16 anos. 120 minutos de duração. Não é necessário retirar ingressos. Para se apresentar é necessário participar de pelo menos uma de duas oficinas preparatórias que acontecem nos dias 25 e 26 de novembro das 15 às 20h.

Premiação
1º lugar: R$ 500,00, faixa e coroa
2º lugar: R$ 300,00, faixa e coroa
3º lugar: R$ 200,00, faixa e coroa

Regulamento
-Todos os candidatos devem fazer a sua inscrição diretamente com o produtor responsável no dia das oficinas.
-São 14 vagas, em cada dia de oficina será disponibilizado 7 vagas que serão distribuídas no final das duas oficinas realizada no dia, caso tenha um número maior de interessados nas vagas será feito um sorteio de 7 vagas entre os interessados no mesmo dia das oficinas.
-Somente 14 vagas disponíveis.
-Menor de 18 anos tem que ter autorização dos pais ou responsáveis.
-É obrigatorio que todos os candidatos tenham participado de pelo menos uma das duas oficinas preparatórias para confirmar presença e a inscrição, caso o participante não tenha participado de uma das oficinas ele estará automaticamente desclassificado.

Oficina de Perucaria com Gissele Popovic
25/11/2017
17h
Local: Centro Cultural Ruth Cardoso
Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641

Oficna de Maquiagem com Labelle Beauty
26/11/2017
17h
Local: Centro Cultural Ruth Cardoso Avenida Deputado Emílio Carlos,

TODAS AS OFICINAS SÃO GRATUITAS

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Apresentação
-Os candidatos devem fazer a sua apresentação com uma música de no máximo 3 minutos.
-A musica deve estar gravada em CD em ótima qualidade e que nele só tenha a música gravada.
-A ordem de apresentação será feita através de sorteio na hora do evento. Todos devem estar pelo menos uma hora antes do evento no local, para o sorteio. Caso o participante queira se maquiar no local é necessário que esteja pelo menos duas horas e meia antes do evento começar, para evitar atrasos.
-Não será permitido utilizar efeitos pirotécnicos no palco, tanto quanto qualquer produto líquido ou algo que possa prejudicar a próxima a se apresentar.
- Os candidatos serão julgados por um júri qualificado, durante a apresentação, dando notas que serão somadas ao final das apresentações. Caso haja empate o público decidirá.

Serviço
10ª edição do Drag Contest
Dias 25 e 26/11 com a final no dia 02/12 
Endereço: Av. Deputado Emílio Carlos, 3641  
Vila Nova Cahoeirinha, São Paulo, SP

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Morre em São Paulo a talentosa Layla Ken

Em Neon: segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Por Kaká di Polly e Eduardo Moraes
Fotos: Eduardo Moraes

Esse domingo, 19/11/2016, acordamos com a triste notícia que a talentosíssima Layla Ken tinha nos deixado.

É muito triste constatarmos que uma pessoa tão jovem, com apenas 32 anos, nos deixou. A causa de sua morte não foi divulgada, mas Layla esteve internada por problemas respiratórios. Ver alguém com uma vida inteira pela frente ter seu caminho interrompido é muito doloroso.

Perdemos não só um ser humano maravilhoso, uma pessoa feliz, sempre com um lindo sorriso nos lábios e olhos repletos de felicidade, mas perdemos também uma artista de um talento imenso, tanto que em seus 17 anos de carreira, Layla ganhou todos os prêmios e troféus a que teve o direito. Uma pessoa de uma beleza invejável que faturou todos os concursos de beleza que concorreu, sendo inclusive nossa Miss Brasil Gay 2006. Sem falar de sua grande paixão, o carnaval, em que desfilava triunfante, as vezes em duas, três escolas no mesmo ano.

Enfim, a morte é uma verdade que dói, que nos entristece, mas um destino do qual, todos nós, não iremos fugir e iremos passar. Mas se nos dói, temos que usar a lembrança, a homenagem, o amor e o carinho para recordar e sempre lembrar daqueles que amamos e que um dia se foi. Ter a memória e a história é fundamental, não só para os artistas, mas para cada um de nós como seres humanos.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Layla deixou aqui um rastro brilhante e agora vai brilhar no Céu.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Associação da Parada LGBT de São Paulo realiza o I Encontro de Saúde/Prevenção IST/AIDS entre Jovens LGBTs

Em Neon: sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Foto ilustrativa: www.emfotos.com.br
Evento tem entrada gratuita. Vagas limitadas

A APOGLBT SP, ONG responsável pela maior Parada do Orgulho LGBT do mundo, realizará no dia 28 de Novembro de 2017 o I Encontro de Saúde/Prevenção IST/AIDS entre Jovens LGBTs em São Paulo.

O encontro, organizado pela Associação do Orgulho GLBT de São Paulo é uma das primeiras etapas de uma importante e contínua ação da ONG ligadas à saúde e  prevenção de IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis)/AIDS. Com entrada gratuita,  o projeto vai acontecer todos os anos e sempre no mês de novembro, próximo ao dia 1º de Dezembro (Dia Mundial de Luta Contra a Aids).

Como parceiros, estão o Programa Municipal IST/AIDS, Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS – SP, Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais – Ministério da Saúde, a Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual do Est. de São Paulo, Museu da Diversidade além do Projeto Boa Sorte, Fórum de ONGs Aids do Estado de São Paulo e Menino Gay.

Programação
Mesa de Abertura
- Sr Rodrigo Pinheiro: Fórum Ongs Aids do Estado de São Paulo
Tema: “Panorama das ONGs Aids no Est. de São Paulo – Desafios”
- Sra Cláudia Regina Garcia: Presidente da Parada do Orgulho GLBT do Estado de São Paulo
Tema: “Importância do Encontro de Saúde/Prevenção p/ a APOGLBT SP”
- Diretora do UNAIDS Brasil: Georgiana Braga-Orillard
 Tema: “Importância do evento da Parada em resposta à epidemia de IST/Aids”

Mesa Redonda
-  Mediação: Rita Von Hunty
- Dr Gerson Pereira: Depto de Vigilância Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais – Min. Da Saúde.
Tema: “Atualização sobre a situação atual e tendências da epidemia de HIV e IST entre a população LGBT”.
- Sra Ivone de Paula Programa Estadual/CRT - DST/AIDS do Estado de São Paulo.
Tema: “Discussão das novas estratégias de prevenção para o enfrentamento dessas epidemias com foco nos segmentos mais jovens”.
- Dra. Maria Cristina Abbate: Coordenadora do Programa Municipal DST/AIDS.
Tema: "Como está a PEP no Município de São Paulo, como será a Implantação da PREP".
- Sociedade Civil/Facebook: Sr Matheus Emílio – Menino Gay
Tema: "As Mídias Sociais na Luta Contra a AIDS".
- Sociedade Civil/Youtuber: Sr Gabriel Estrela – Projeto Boa Sorte
Tema: ‘Acolhimento/Estigma/Preconceito’.
- Dr Ricardo Vasconcelos - Médico Infectologista da FMUSP e do PrEP Brasil.

Tema: Jovens e Prevenção Combinada.
O grupo AlenCastro vai fazer um 'pocket-show' na abertura do evento.
Outra novidade do projeto será a criação de três vídeos com foco na Prevenção das IST/HIV/Aids, seguindo a:
• Situação atual e tendências da epidemia de HIV/ISTs e acesso do segmento LGBT às Políticas de Prevenção;
• Saúde/Prevenção Combinada (PrEP, PEP, Tratamento como Prevenção, testagem, aconselhamento e preservativos);
• Visibilidade Positiva.

Sobre a APOGLBT SP
A Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOGLBT SP) é a ONG responsável pela maior Parada do Orgulho LGBT do mundo. Além disso, ela é organiza também diversos eventos ao longo do ano, tendo sua concentração maior no Mês do Orgulho LGBT, como o Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, Ato Em Memória, Feira Cultural LGBT, Jogos da Diversidade, Bloco da Diversidade, entre outros.

Parceiros do I Encontro de Saúde/Prevenção IST/AIDS entre Jovens LGBTs:
Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS – SP
Programa Municipal de DST/AIDS – Secretaria Municipal de Saúde
Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual do Est. de São Paulo
Museu da Diversidade
Fórum de Ongs Aids de São Paulo
Projeto Boa Sorte
Menino Gay
 Apoiadores I Encontro de Saúde/Prevenção IST/AIDS entre Jovens LGBTs:
Depto de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais – Ministério da Saúde
ONG Koinonia
Aliança Francesa de São Paulo
Canto Produções
Vagas limitadas. Participação gratuita.



Serviço
I Encontro de Saúde/Prevenção IST/AIDS entre Jovens LGBTs 
Realização APOGLBT SP (http://www.paradasp.org.br)
Dia: 28 de novembro de 2017
Horário: das 18h às 20h
Local: Aliança Francesa
Rua General Jardim, 182 – Centro – SP - Entrada Franca. Vagas limitadas
Ficha de inscrição AQUI. Link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/122522791773103

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Festa Fervo colore Teatro Popular Oscar Niemeyer em Niterói

Em Neon: sexta-feira, 10 de novembro de 2017

A segunda edição da festa Fervo acontece dia 13/11 às 20h no Teatro Popular Oscar Nimeyer.

Abertura da 2ª Mostra de Arte e Cultura LGBT com esse evento que envolve música, performance, shows, teatro, drag queens e DJ. Vai ter pista de dança, a Entrada é Gratuita e vai rolar até tarde!

Venham celebrar a diversidade no esquenta para a 13ª Parada do Orgulho LGBT de Niterói!

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Serviço
Dia: 13 de novembro
Local: Teatro Popular Oscar Niemeyer (atrás do Terminal Rodoviário)
Hora: 20h
Entrada de Graça!

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Comédia 'Hortance - A Velha', com Grace Gianoukas, em cartaz até 03 de dezembro, no Teatro Renaissance, em São Paulo

Em Neon: quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Após passagem de sucesso pelo Rio de Janeiro, espetáculo com direção de Fred Mayrink fica em curta temporada na capital paulista até 03  de dezembro

Estará em cartaz até o dia 03 de dezembro em São Paulo, o espetáculo teatral "Hortance, A Velha", com a atriz Grace Gianoukas. A comédia de autoria de Gabriel Chalita, com a colaboração de Michelle Ferreira, Fred Mayrink e, pela própria Grace Gianoukas, desembarca na capital paulista depois de reconhecida e aclamada passagem pelo Rio de Janeiro. O espetáculo consolida a bem sucedida parceria entre Gianoukas e Mayrink, ocorrida na novela Haja Coração, da TV Globo, em 2016.

Hortance, A Velha
Hortance é uma mulher pioneira, uma mulher empoderada, com uma alma livre,  a frente do seu tempo e que acabou vencendo diversas barreiras. Entre elas, foi expulsa de casa por ser “moderna demais”, tornou-se dona de um cabaré que recebeu diversas personalidades, como Shakespeare, Nero, Getúlio Vargas, Stalin, Sartre, Simone de Beauvoir e Che Guevara. Agora, quase centenária, revisita um apanhado de histórias que viveu e pessoas que conheceu. Mas Hortance já está um pouco esquecida, devido à idade, e confunde as histórias, os tempos e as biografias de todos que passaram por sua vida. A partir de todas estas lembranças, a Velha preenche os dias e reconstrói de maneira cômica e emocionante sua própria vida, afirmando a dignidade de envelhecer tendo-a vivida por inteiro.

Dentro das paredes do cabaré, Hortance vive com um amontoado de recordações que acumulou ao longo da vida, além da companhia da irmã Aliquianni e de um gambá. Ao mesmo tempo em que se encontra imersa nesse universo particular, ela não está sozinha, em um dos momentos mais tocantes, Hortance vê no público sua companhia como clientes do cabaré para recriar essa jornada. Com o mundo inteiro dentro dela, Hortance é uma mulher de todos os tempos, de grandes amores e fortes laços de amizade.

Hortance, A Velha é uma obra não realista que, de forma leve, cativante e descontraída, convida o público para uma reflexão espontânea sobre o envelhecimento natural, o envelhecimento com dignidade. A comédia provoca risos, emoções, uma mistura de sentimentos - assim como a vida. O espetáculo é uma grande homenagem às mulheres e às pessoas em geral que, conseguiram, apesar de todas as dificuldades, seguirem seus objetivos de corpo e alma, provando como vale a pena viver.

Para Gianoukas, Hortance é uma oportunidade: “Tenho quase 34 anos de profissão e essa comédia veio como um abraço. Esse espetáculo amparado por todo mundo me dá a oportunidade de, como atriz, andar nessa estrada de sinuosas emoções.”

Grace Gianoukas voltará ao ar na Globo após a sua personagem Teodora, em “Haja Coração”, no ano passado. Ela assinou com a emissora carioca e agora faz parte do elenco da novela “Orgulho e Paixão”, de Marcos Bernstein. “Orgulho e Paixão” substituirá “Tempo de Amar” no ano que vem.

Atriz - Grace Gianoukas
Escreveu vários textos para teatro, como a comédia "Não Quero Droga Nenhuma", que ficou cinco anos em cartaz, além de ter produzido projetos culturais com a Cia. Harpias e Mansfield, que fundou com Ângela Dip e Marcelo Mansfield, levando o teatro de humor para bares e casas noturnas de São Paulo. Depois de atuar em espetáculos como "O Amigo da Onça", de Chico Caruso, com direção de Paulo Betti, e "O Pequeno Mago", do grupo XPTO, trabalho que lhe rendeu o Prêmio do Ministério da Cultura de melhor atriz, criou o "Terça Insana", projeto que renovou o humor no início dos anos 2000, e que permanece em turnê pelo Brasil até hoje. No ano passado, Grace Gianoukas fez enorme sucesso na televisão interpretando a personagem Teodora Abdala, na novela "Haja Coração", na TV Globo.

Direção - Fred Mayrink
Começou a carreira como ator. Em 1984, estreou no teatro, num espetáculo infantil. Na televisão, sua estreia foi em 1987, na novela "Bambolê", aos 11 anos. Fred atuou em diversas outras produções da TV Globo até que, há cerca de 20 anos, começou a trabalhar atrás das câmeras, como assistente de direção. Como diretor-geral, tem em seu currículo novelas como "Caminho das Índias", que conquistou o 37º Emmy Internacional, em 2009, "Sete Pecados", "Viver a Vida", "O Astro", que também levou o Emmy, em 2012, "Araguaia", "Salve Jorge", "Alto Astral" e "Haja Coração". Fred Mayrink  ainda escreveu e dirigiu o espetáculo infantil “Pedro no mundo da imaginação”.

Texto - Gabriel Chalita
Revelou-se escritor já aos 12 anos, quando publicou seu primeiro livro. Aos 15, criou uma coleção destinada a crianças em idade de catequese. Em sua obra, estão mais de 70 títulos. Dos livros publicados, dois já foram lançados no exterior: "Os dez mandamentos da ética" (em 2004, na Argentina, no Chile e na Espanha, pela Editora Aguillar/Santillana) e "Pedagogia do amor" (em 2006, na Espanha, pela Editora PPC/SM). Preside a Academia Paulista de Letras, é educador, palestrante, mestre e doutor em Direito e atualmente escreve as histórias de um projeto que conta com a participação de Stan Lee (escritor e criador de super-heróis como Homem-Aranha, Hulk e Homem de Ferro).

Sobre os figurinos - Alessandra Barrios
O figurino de "Hortence, A Velha" foi construído como a naturalidade e liberdade da personagem. As inspirações são mulheres de bordeis parisienses, como as das obras de Toulouse Lautrec. Seu visual é atemporal, resultado da vida que leva, dos acúmulos psicológicos e de sua própria trajetória.

Sobre a cenografia - Juliana Carneiro
O cenário é a mistura de uma casa com um típico cabaré do início do século XX. Estão inseridos ali objetos que fazem parte da história da personagem, de tudo o que ela viveu. Há uma mistura de itens atuais com antigos, para não perder o glamour. Renda e veludo são alguns dos tecidos usados na decoração desse espaço.


CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Ficha Técnica
Texto: Gabriel Chalita
Cclaboração dramatúrgica: Fred Mayrink, Grace Gianoukas e Michelle Ferreira
Direção: Fred Mayrink
Elenco: Grace Gianoukas
Cenário: Juliana Carneiro
Iluminação: Paulo Brakarz
Figurino: Alessandra Barrios
Trilha sonora: Iuri Sant’Anna
Visagismo: Eliseu Cabral
Direção de produção: Marlene Salgado
Assessoria de imprensa: Marra Comunicação
Co-patrocínio:
Estácio - Ensino Superior do Brasil
CNA - Inglês Definitivo
Realização: Fontes Paiva Realizações / Ministério da Cultura - Governo Federal
Fotos: Divulgação

Serviço
Hortance, A Velha:
Teatro Renaissance
Endereço: Alameda Santos, 2233 - Jardim Paulista - São Paulo - SP, 01419-002
Fone: (11) 4003.1212
Temporada: Até 03 de dezembro
Dias e horários: sábados, às 21h30 e domingos, às 18h
Gênero: comédia
Duração: 60 minutos
Classificação etária: acima de 14 anos
Capacidade: 420
Acessibilidade
Ingressos: R$ 80,00


Crédito: Priscila Prade 

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Exposição 'O Pau na Mesa' traz ensaio 'Nutopias Stardust' do fotógrafo Guilherme Corrêa

Em Neon: quarta-feira, 8 de novembro de 2017

O Ensaio "NUTOPIAS STARDUST" do fotógrafo Guilherme Corrêa com o performer Luan Machado, participa da Exposição O PAU NA MESA, realizada pela Conexão Rio, até dia 17 de novembro, segunda a sexta , 09:00 ao 12:00 e de 14:00 às 17 horas.

O PAU NA MESA
-Uma crítica às medidas desmedidas- Uma exposição artística para estimular o debate em torno dos últimos acontecimentos que colocam o papel das Artes Plásticas em foco.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Serviço
Período da expo:
04 até 17 de Novembro / segunda a sexta.
09h às 12h
14h às 17h
Local: Fábrica Bhering, Rua Orestes, 28/RJ

Sobre o Projeto NUTOPIASTARDUST - Não Lubrificar a Máquina em Movimento
Criadores: Guilherme Corrêa e Luan Machado

O trabalho do performer em designar fantasias. Meyerhold e o corpo automatizado. O sexo em ruínas. A solidão do Homem e seu instrumento fantasioso. O gozo concreto. A perda da consciência de tempo / espaço através do próprio toque. A masturbação do Engenho. A destruição em esporrar diante do universo bio-mecânico. A teatralidade do sexo em obras. Somos os mesmos desde que despertamos , passando por todos nossos personagens , do caminho de casa ao trabalho , contas a pagar , boa tarde com mau humor , metrô cheio, são muitos gases , como esses tanques que já vazios dão seus últimos respiros. São 15 min para o mais alto relaxamento traduzido em orgasmos , múltiplos ou não e 10 horas todo dia , de Sol a Sol enfurnado com a cara nas máquinas que não produzem sonhos e sim cospem terceiras informações superficiais. O automatismo do desejo se perde a medida que a fábrica de potencias vibráticos soam na cidade o grito de prazer do homem, sujeito sujo de graxa, padece e ressurge em um gemido de suor, de trabalho intracelular entre o espaço e seu sexo. O mestre de obras comanda seus homens cheios de músculos estarrecidos por um pão e leite. Despeja seu leite aos trabalhadores. Saída de emergência pelo cano do rabo largo. Petróleo induzido de fantasias do mercantilismo erótico que povoa todos os desejos e que mantém a troca de óleo em dia pra começar novamente, do zero, do mole. Na gambiarra biscate política cumprem-se jornadas exaustivas deste corpo trabalhador. A realidade . Nua e pesada.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Chega a São Paulo, após quase dois anos de sucesso no Rio de Janeiro, o espetáculo 'Em Nome do Filho'

Em Neon: terça-feira, 7 de novembro de 2017

Comédia dramática utiliza a cena underground das saunas gays para contar um drama familiar

“Em Nome do Filho” é uma comédia dramática que entremeia números musicais e shows de dança para contar a história de Liuba, o dono da Brasil Dourado, uma sauna gay decadente, que esconde um segredo.

Sucesso no Rio de Janeiro por quase dois anos, o texto é de Dolores delRio e a direção de Marco Miranda, que tem um vasto currículo nos palcos brasileiros e na TV Globo, vencedor de vários prêmios. A estreia acontece no dia 3 de novembro, no Teatro Bibi Ferreira.

A montagem lembra o universo do cineasta Pedro Almodóvar. “Em Nome do Filho” discute a diversidade sexual e coloca uma luz sobre este tema tão importante. Tudo de forma divertida e leve, mas sem deixar de tocar nos pontos importantes da questão.

Sinopse
A peça se passa em um dia numa sauna gay, a Brasil Dourado, onde é mostrada a realidade de uma sauna. Liuba, o dono, sofre com a perda de seu filho, que foi afastado de seu convívio desde criança. Liuba tem um romance complicado com Roby, um ex-garoto de programa. Odetinha, empregado da sauna é aliado de Liuba e o único que sabe de seu passado.

Na trama são apresentados ao público tipos característicos de gays que frequentam as saunas: o debochado, o poderoso, o prático, o casado e o carente. Eles interagem nas cenas cômicas com os garotos de programa, belos rapazes da sauna.

O foco central da trama é a procura de Liuba pelo seu filho Junio. Por intermédio de uma carta, e por coincidência perversa do destino, Liuba descobre que o filho trabalha como garoto de programa em sua sauna.  Ele então se aproxima do filho e conquista a confiança do rapaz para retirá-lo de lá. Para manter seu segredo, em paralelo Liuba termina seu romance com Roby,  que por não entender o motivo, se desespera. Num reencontro emocionado eles se entendem e os três terminam juntos, revelando uma grande história de amor.



CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Serviço
Em Nome do Filho
Texto: Dolores DelRio 
Direção: Marco Miranda
Produção Dolores DelRio

Elenco: Dolores DelRio - Liuba
Matheus Freire – Robby
Bruno Islam - Junio
Anderson Lopes - Valdo
Gustavo Azaranys -  Odetinha
Luiz Xaxu-  casado/carente/pratico/debochado e poderoso
Angelo Antonio - Fabiano
Angelo Barreto - Aquíles
Gleyson Lopes – Thiago
Yago Custódio e Douglas Loyola (atuam como stand-in)

Temporada: até 24 de novembro, somente as sextas-feiras, 23h15.
Gênero: Comédia Dramática
Duração: 90 minutos
Classificação etária: 16 anos
Teatro Bibi Ferreira – 300 lugares
Av. Brigadeiro Luiz Antônio 931
Bela Vista – São Paulo/SP

Tel: 11.3105-3129
Email: contato@teatrobibiferreira.com.br

Ingressos:
Inteira: R$ 50 / R$ 25 meia

7ª Edição do 'Periferia Inventando Moda' acontece no Centro Compartilhado de Criação

Com patrocínio da Vult, evento consagrado levará ao centro de São Paulo uma mostra da moda produzida na periferia. Evento será estrelado por profissionais formados no projeto Periferia Inventando Moda

Em sua sétima temporada, o "Periferia Inventando Moda" apresentará ao público o resultado de mais um semestre de trabalhos de democratização da moda através do evento "VII PIM", que ocorrerá no próximo dia 10 de novembro, sexta-feira, no Centro Compartilhado de Criação, localizado à rua Brigadeiro Galvão 1010, na Barra Funda, das 16 às 21 horas.

O Periferia Inventando Moda vem ganhando cada vez mais repercussão na mídia, bem como na imprensa especializada, se consagrando como referência na moda inclusiva, oferecendo formação a jovens da periferia que aspiram à profissão de modelo, maquiador e agora também de fotógrafo. Para o evento do dia 10, os organizadores preparam grandes novidades e prometem a maior edição feita até aqui. Serão 11 marcas que se apresentarão na passarela, todas da periferia de São Paulo: Afrontosa, Alex Santos, Ateliê do Antone, Couto Store, Cynthia Mariah, Felipe Guimarães, Gaah Clothing, K. Sullysman, Mandy Beachwear, Paulo Vieira e Peah P. Clothing.

Antes dos desfiles, integrando o evento, haverá um bate-papo no café do CCC com o tema: "Moda e Representatividade". Mediado pela jornalista e ativista Cris Guterres, a atividade contará com as participações da estilista Lívia Barros, diretora da marca Ken-gá, e da cantora Tássia Reis, que recentemente lançou a marca XIU.

Segundo Nil Mariano, diretor executivo do PIM, “a cada semestre o projeto cresce em visibilidade e as edições do evento acompanham esse crescimento. O Periferia Inventando Moda está revolucionando o cenário fashion nacional, estabelecendo novos paradigmas para a produção de moda e um novo conceito de evento, democrático, inclusivo e que pretende mostrar uma moda genuinamente brasileira. Sobre isso, Alex Santos, diretor artístico e idealizador do projeto, afirma: “há muito tempo o perfil branco, magérrimo e despersonalizado deixou de ser padrão de beleza. Uma zapeada pela televisão e você verá que as estrelas do cinema, da música, das novelas, não obedecem mais a esse padrão”. Nas palavras de Santos, “a beleza que vemos nas ruas, a beleza das pessoas reais, está se tornando a nova referência. A moda precisa urgentemente acordar para essa realidade. O sucesso das agências que trabalham com street casting e de projetos que vieram na esteira do sucesso do PIM são a prova disso”.


CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Serviço
Periferia Inventando Moda - 7a. edição
Dia 10 de novembro de 2017 (sexta-feira), das 16h às 21h
Cronograma:
16h – Abertura musical (nome a ser confirmado)
16h30 – Bate-papo Moda e Representatividade com Cris Guterres, Lívia Barros e Tássia Reis
18h às 21h: Desfiles
Local: Centro Compartilhado de Criação
Rua Brigadeiro Galvão 1010 – Barra Funda
Telefone de informações para o público: (11) 3392.7485

Fotos: Cauê Moreno e Felipe Mazzucatto

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Happy Day Balneário Camboriú e 5ª Parada da Diversidade de Balneário Camboriú 2017

Em Neon: sexta-feira, 3 de novembro de 2017



Fotos: Arquivo Pessoal / 4ª Parada da Diversidade

No Domingo 12 de novembro de 2017, acontecerá a 5 Parada da Diversidade de Balneário Camboriú, com o Tema: “Não Há Cura, Para Quem Não Está Doente, Respeite!”

Esse evento cidadão, que acontece desde 2012, vem numa luta para combater o preconceito nesse famoso destino turístico, BC - A Capital Catarinense do Turismo, mas tanto a prefeitura, como a bancada religiosa da Câmara de Vereadores, Homofóbicas, tentam de toda forma proibir essa livre manifestação, garantida pela Constituição Federal do Brasil, onde a VI Promotoria de Justiça de BC, do Ministério Público de Santa Catarina, na pessoa do senhor, Promotor de Justiça, Doutor Rosan da Rocha, vem anualmente obtendo êxito, impetrando Mandado de Segurança Preventivo, para garantir a realização desse evento cidadão e esse ano não será diferente!

Por conta desse descalabro, os realizadores do evento gostariam do apoio da mídia de toda Santa Catarina para combater o preconceito, no sábado 11 e domingo 12 de novembro em Balneário Camboriú usando seu prestigio e credibilidade em busca de dias melhores, para todos!

Nessa edição, terá um evento inédito, o Happy Day, Um Dia de Parque, no Beto Carrero World, o Maior encontro de Famílias LGBT do Brasil, o dia inteiro, numa integração de todos, na busca de paz e respeito às diferenças! Os ingressos com valores promocionais antecipados estão sendo comercializados pela Penha Turismo, com direito a uma camiseta promocional do evento.

Sem nenhum apoio financeiro governamental, nem patrocinador privado, os realizadores resolveram fazer uma festa para garantir o pagamento da parada esse ano, com ajuda de todos!

A Festa CÉLEBRE acontece sábado 11 de novembro de 2017, á partir das 22 horas, com 10 horas de festas, na SpeedWay Music Park, no novo espaço Lounge, onde pretende-se reunir um grande número de notívagos, muitos militantes, para uma grande noite de celebração. Para essa edição terão três Top Djs. Catarinas, Gamby, Mark Sampaio e MisakyShure, e da cena Brasil, os Top Cariocas Júlio Doutor, Léo Vianna e Felipe Oli.

O ponto alto da noite serão as apresentações simultâneas do Chileno, Produtor &Dj. Max Grandon, que se apresenta pela primeira vez no Brasil, juntamente com o LIVE da cantora Espanhola Soraya Naoyin, ícones da cena LGBT no mundo.

Quatro dançarinos paulistanos compõe esse momento do show, único na vida dos frequentadores dessa festa.

Decoração temática, som digital, iluminação hey tech e efeitos especiais prometem tornar essa noite inesquecível!

A comunidade LGBT e simpatizante, estão convidados a apoiar, somar forças a esse evento, pois a renda obtida será para custear à parada de BC.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Serviço
Happy Day - O Maior Encontro de Famílias LGBT do Brasil
11 de Novembro de 2017
Inicio: 09 hs
Termino: 19 hs
Local: Beto Carrero Word – Penha Santa Catarina
Ingressos Promocionais- Penha Turismo (47) 992349194 Daphne.
https://www.facebook.com/events/1868338873492876/

Festa Célebre - A Festa Luxo de BC
11 de Novembro de 2017
Abertura da SpeedwayLounge21:00 Horas
Inicio da Festa: 22 Horas
Termino: 08:00 Horas
Local: Speedway Music Park- Balneário Camboriú- Santa Catarina
Informações: (47) 99718-1448 (47) 996609463 Marcio Floriano
Estacionamento com Segurança no local.

Programa- LINE UP (Flyer anexo)
22 Horas Concurso DragHappy Day 2017- Dj. Mark Sampaio Tubarão
23 Horas Concurso Mister Happyday 2017- Dj. Frlipe Oli RIO
24Horas Léo Vianna- RIO
01:30 Horas Max Grandon LIVE Soraya Naoyin Chile- Espanha
03:30 Horas Júlio Doutor- RIO
05:30 Horas Gamby AFTER- Laguna
CAMAROTE HORNET Reunião de Vips-
Presença de Miss Gay Brasil 2017- Guiga Barbieri 
Informações: (47) 99718-1448 (47) 996609463 Marcio Floriano

A Parada de Balneário Camboriú tem por finalidade discutir, fomentar, vencer preconceitos e promover vida digna à comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e trangêneros) e é utilizada para identificar todas as orientações sexuais minoritárias e manifestações de identidades de gênero divergentes do sexo designado no nascimento e de todas as minorias deste município e toda a região!

5ª Parada Da Diversidade de Balneário Camboriú
Tema: Não há cura, para quem não está doente, Respeite!
Domingo - 12 de Novembro de 2017
Concentração: Barra Sul - 14 hs
Ato Cívico: 18 hs
Marcha Cidadã: 19 hs
Show de Encerramento: Praça Tamandaré - 22 hs

A Associação da Parada da Diversidade de Balneário Camboriú - APDBC, CNPJ 15.557.970/0001-60, fundada em 08 de novembro de 2011 nesse município é a entidade realizadora desse evento cidadão.


quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade comemora sua 25ª edição com a presença do cineasta Gus Van Sant e entrada 100% gratuita

Em Neon: quinta-feira, 2 de novembro de 2017

O cineasta americano Gus Van Sant é homenageado com retrospectiva e um prêmio pelo conjunto de sua obra

O Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade, que este ano comemora a sua 25° edição, irá fazer uma homenagem especial ao cineasta americano Gus Van Sant, que virá ao Brasil pela primeira vez. Considerado o maior evento cultural sobre a diversidade sexual da América Latina e um dos maiores do planeta, o Festival acontece de 15 a 26 de novembro e abrirá no dia 15 de novembro com a exibição para convidados do longa “Me Chame Pelo Seu Nome” (Itália / França) do diretor italiano Luca Guadagnino.

Inédito em São Paulo, o filme, Premiado no Festival de Melbourne (Austrália) e selecionado para os Festivais de Sundance (EUA), Berlim (Alemanha) e Toronto (Canadá), narra a história do sensível e único filho da família americana com ascendência italiana e francesa, Elio, de 17 anos. O garoto está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda quando Oliver, um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai, chega.

O cineasta americano Gus Van Sant (foto acima) também estará na abertura e receberá um troféu pelo conjunto de sua obra, além de participar do MixLab Spcine no decorrer do Mix Brasil. O diretor ainda ganha uma retrospectiva dentro do Festival com a exibição de importantes títulos de sua cinematografia, entre eles seu primeiro longa, “Mala Noche” (1987), filmado em preto e branco e “Garotos de Programa” (1991), com River Phoenix e Keanu Reeves no elenco.

Competição Nacional
Já no circuito nacional, o festival premiará com o Coelho de Ouro o melhor longa-metragem brasileiro. Os doze selecionados são “A Filosofia na Alcova” (foto de André Stefano - acima), de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez (SP), “A Moça do Calendário” de Helena Ignez (SP), Alguma Coisa Assim de Esmir Filho, Mariana Bastos (SP), Aos Teus Olhos de Carolina Jabor (RJ), Berenice Procura  de Allan Fiterman (RJ), Casa da Xiclet de  Sofia Amaral (SP),  Guigo OffLine de René Guerra (SP), Intimidade Pública de Luciana Canton (SP),  Luana Muniz - Filha da Lua de  Rian Córdova e Leonardo Menezes (RJ), Meu Nome É Jacque de Angela Zoé (RJ), Música para Quando as Luzes se Apagam  de Ismael Caneppele (RS), Serguei, O Último Psicodélico de Ching Lee eZahy Tata Pur’gte (PA).

Como já é tradição no Mix Brasil os curtas-metragens nacionais também concorrem ao Coelho de Ouro e Prata em diversas categorias. Este ano foram selecionados 20 filmes que estão representando as cinco regiões do Brasil. São eles: Afronte de Bruno Victor e Marcus Azevedo (DF), Ainda Não de Julia Leite (SP), Aquela Estrada  de Rafael (AM), Cachorro de Gustavo Vinagre (SP), Dandara de Flávia Ayer, Fred Bottrel (MG/ CE), Estamos Todos Aqui de Chico Santos e Rafael Mellim,  (SP), Inocentes de Douglas Soares (RJ),  Luiza de Caio Baú (PR), Minha Única Terra é na Lua de Sergio Silva (SP), Na Esquina da Minha Rua Favorita com a Tua de Alice Name-Bomtempo (RJ), Namoro à Distância  de Carolina Markowicz (SP),  O Porteiro do Dia de Fábio Leal (PE), O Quebra-Cabeça de Sara de Allan Ribeiro (RJ),  Pele Suja Minha Carne  de Bruno Ribeiro (RJ), Sam de Miguel Moura)(RJ), Stanley de Paulo Roberto (PB), Tailor de Calí dos Anjos (RJ),   Vaca Profana de René Guerra (SP), Vando Vulgo Vedita  de Andréia Pires e Leonardo Mouramateus (CE), Vênus-Filó a Fadinha Lésbica de Sávio Leite  (MG).

O 25° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade conta com a curadoria artística de João Federici e este ano terá entrada 100% gratuita em todos os seus eventos que envolvem música, cinema, teatro, perfomances, conferência, eventos paralelos e muito mais.

O evento é uma realização da Associação Cultural Mix Brasil e Ministério da Cultura. Ele com a iniciativa da Lei de Incentivo à Cultura e  com o patrocínio do Itaú e da Sabesp e o copatrocínio da Spcine, Secretaria Municipal de Cultura, e o apoio cultural do Sesc e Secretaria de Estado da Cultura e o apoio institucional do Itaú Cultural, Dot Cine, Ctav e promoção do Canal Brasil.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Serviço 
25° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade
São Paulo – 15 a 26 de novembro de 2017
Entrada gratuita em todos os eventos
Locais: CineSesc, Espaço Itaú Augusta, Centro Cultural São Paulo, Museu da Diversidade, Auditório Ibirapuera e circuito Spcine

Nas redes sociais: www.facebook.com/FestivalMixBrasil
Programação completa: www.mixbrasil.org.br
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code