NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Obsessão dos homens pelos seus pênis é o assunto mais pesquisado no Google

Em Neon: quinta-feira, 27 de agosto de 2015


A sexualidade, assim como tudo nessa vida, é um assunto que dá pano para manga. Através de um estudo, descobriu-se que entre os assuntos mais discutidos e pesquisados pela busca do Google, são os problemas sexuais que encabeçam as pesquisas mais frequentes na Internet.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Se os problemas sexuais são os assuntos mais procurados, é um sinal que eles ainda são tabu na sociedade, pois muitas vezes é mais fácil consultar a rede, de forma anônima, do que ter que ir a um especialista resolver dúvidas, falar com o seu parceiro ou perguntar aos pais.

E qual seria o problema mais pesquisado? Se você pensou no tamanho do pênis acertou em cheio. Os números são impressionantes: para cada pesquisa sobre o cérebro, há 20 do pênis.

Aparentemente, os seres humanos são conhecidos por possuir o maior pênis de qualquer primata na terra, respeitando à proporção relativa e tamanho absoluto.

Mas sem sombra de dúvida, para a grande maioria dos homens, o tamanho do pênis importa muito. Essa obsessão é tanta que tem homens, que tem um pênis maior que a média e ainda assim acha que ele é pequeno. Imagina então aqueles que se enquadram abaixo do padrão, dito normal. Mas tenha em mente que esta preocupação pode levar a problemas de saúde mental.

Das 10 principais perguntas sobre "o pênis", nove envolvem tamanho. Entre as perguntas mais frequentes de usuários do Google, do sexo masculino, em relação ao seu pênis, encontram-se:

1. Como tornar meu pênis maior?
2. Como fazer meu pênis mais longo?
3. Quão grande deve ser o meu pênis?
4. Por que meu pênis é pequeno?
5. Como posso fazer meu pênis crescer?
6. Como ampliar o meu pênis?
7. Por que o meu pênis é tão pequeno?

É de pequenino que se "mede" o pepino
O tamanho do pênis é algo importante para os homens, uma vez que o homem é homem. Desde pequeno há a curiosidade em medir e saber o quanto ele têm crescido ou quão grande ele é de acordo com a média.

Os homens carregam essa forte bagagem cultural: o tamanho de seu pênis tem a ver com seu desempenho, força, vigor sexual, capacidade e recursos de conquista.

Nasce aí um tormento que irá persegui-lo por muito tempo, quem sabe até, pela vida toda. Comparar o tamanho com o de outros no vestiário, no mictório ou onde a possibilidade se fizer presente, vai ser uma constante. Por vezes pode envergonhar, por outras orgulhar e ainda, por outras, até se conformar, mas sempre haverá essa "maldita" comparação, talvez uma das bobagens mais presentes no machismo do homem.

"Síndrome do pênis pequeno"
Se este nome desperta sua curiosidade, você provavelmente já está sofrendo na pele esta síndrome. Mas não é uma doença qualquer. É, antes, um estado de espírito que leva o homem a pensar que o seu pênis é pequeno, embora seja dentro dos parâmetros considerados normais. Se você perguntar a um homem se o pênis dele é pequeno, se ele for sincero irá responder, sem pensar demais, que seu pênis é menor do que o tamanho que realmente ele queria que tivesse. Um estudo publicado recentemente na revista científica BJU International  diz que 63% dos homens entrevistados acha que o seu pênis é menor do que o normal.

Segundo o site Shangay, o Dr. David Veale, do Instituto de Psiquiatria, Psicologia e Neurociência (IoPPN) do Kings College de Londres, autor de um estudo sobre o assunto, afirmou: "Os homens comparam seus corpos no vestiário, mas o mesmo acontece com a pornografia na Internet, e esta comparação faz com que se sintam muitas vezes inferiores. Há muitos homens que estão preocupados com seu pênis, e acredito que com este estudo mais realista, podemos tranquilizá-los com a ideia de que eles estão na faixa normal, e seu pênis é uma ferramenta totalmente funcional".

Na síndrome do pênis pequeno, o homem sofre de pensar o quão pouco ele pode fazer com o pênis que não tem o tamanho "certo". Um estudo recente realizado por especialistas italianos mostrou que mais e mais homens que vão a um médico se dizendo com problemas de pênis pequeno, em mais de 80% dessas consultas não houve nenhuma razão real, ou seja, esses homens tinham pênis normais e achavam que eles eram pequenos.

E qual é a medida padrão do pênis?
Para saber se seu pênis é grande ou pequeno, você deve medi-lo, enquanto em ereção completa. O estudo de cientistas revelou a média pênis ereto mundial: exatamente 13,12 centímetros e 11,66 centímetros de espessura na circunferência; e a versão em repouso: 9,16 centímetros e 9,31 centímetros de espessura no perímetro.

"Em algum momento, a maioria das crianças pega uma régua ou fita métrica para saber quanto mede o seu pênis", conta o Dr. Veale, que diz que "não faz muito sentido fazer a medição quando o pênis está flácido, que é o estado em que o comprimento do pênis pode variar mais, dependendo da temperatura entre outros fatores. Para uma medição precisa, devemos sempre fazê-lo durante uma ereção, da base do pênis até a ponta da glande, e sempre manter esta perto do corpo ". Mas ele adverte que, dependendo da excitação, a ereção pode ser mais ou menos realçada, por isso há sempre pequenas variações.

O estudo da BJU International, pesquisou 15.521 homens com idades de 17 a 91 anos, e chegou à média acima. Apenas cerca de 2,28 por cento tinham anormalmente o tal pênis pequeno, que os pesquisadores classificam como sendo de dois desvios-padrão abaixo da média; o mesmo percentual de homens tinham anormalmente pênis realmente grandes, dois desvios-padrão acima da média.

Segundo o site salon, embora o estudo não encontre nenhuma evidência para sugerir que o tamanho do pênis varia de acordo com a raça, a amostra ainda está limitada a uma maioria de homens europeus e do Oriente Médio; pesquisa adicional poderia tirar conclusões diferentes. Os pesquisadores também observam que os resultados podem ter sido influenciados pelas próprias percepções de seus voluntários de si mesmos: Homens que se sentiram mais confiantes com o tamanho do pênis poderia ter sido mais propensos a participar do estudo. Independentemente disso, esta ainda é a pesquisa mais abrangente até o momento.

Ah, e derrubando o mito, o estudo constata que não há nenhuma correlação entre o tamanho do pé de um homem e o comprimento do seu pênis.

De qualquer forma, se você quiser comparar seu membro com a média do seu país e do mundo, CLIQUE AQUI para conferir nesse site a média do tamanho dos pênis do mundo todo. É um aplicativo de Internet que analisa e mede os pênis médios em todo o mundo, trazendo o seu comprimento, circunferência, densidade, etc.

As mulheres também se preocupam com o tamanho? E os Gays?
Aproximadamente 85% das mulheres relatam sentir-se satisfeitas com o pênis dos seus parceiros, mas sendo o tamanho uma obsessão masculina, o tamanho influencia em uma relação entre dois homens? Por incrível que pareça sim. Embora muitos não confessem a seu companheiro, muitos gays procuram homens mais avantajados, mesmo que por uma fantasia, mesmo que amando seus parceiros e até felizes sexualmente com eles, a ideia de um pênis maior é um tormento para os homens, no caso dos gays, em querer o do parceiro maior ou mesmo o seu maior para agradar o parceiro é uma triste realidade.

Por que então os homens querem um pênis maior?
Embora a obsessão em ter um pênis grande tenha sido uma constante ao longo da história, tem crescido nos últimos anos devido, em grande parte, à pornografia, pois nos filmes aparecem homens com pênis grandes e isso aumenta ainda mais a fantasia quanto ao tamanho deles, revela a revista Mens Health.

Ainda sobre o estudo britânico publicado na revista BJU International , revela-se a quantidade de sofrimento psíquico experimentado por algumas pessoas, que não estão satisfeitos com as medidas de seu pênis. Um tipo de transtorno dismórfico corporal enfoca as magnitudes do pênis e produz depressão, ansiedade e problemas para manter relação sexual satisfatória. Nesses casos é necessária a ajuda de profissionais, psicólogos, psiquiatras, serão indicados, de acordo com cada caso, por seu urologista de confiança.

Não esqueça daquele velho ditado: "Não importa o tamanho da varinha, mas a mágica que ela faz", por isso ame o seu "companheiro" e tire dele o melhor proveito.

Imagens: Reprodução da Internet

Fonte: Shangay, Salon e Mens Health 

A Redação

 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code