NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Doutor Neon: Hora do CHECK-UP. Saiba quais os exames urológicos que todo o homem gay deve fazer anualmente

Em Neon: terça-feira, 14 de outubro de 2014



Todo homem gay deve ter consciência que faz parte de um grupo de maior risco para adquirir doenças sexualmente transmissíveis. Não só pelo fato da maioria ter ou ter tido muitos parceiros, mas também pelo fato de que o sexo com penetração anal, envolve mais riscos. O sexo anal expõe o pênis a um ambiente extremamente contaminado, quando não se usa preservativo (a maioria dos casais numa relação estável acabam abandonando o uso do mesmo) e devido ao maior atrito, gera lesões na pele tanto do ânus como no pênis, que permitem a entrada de agentes contagiosos com mais facilidade.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

O homem gay se preocupa ainda mais com esse assunto, se comparado ao heterossexual. Acredito que isso se dê devido a um tipo de comportamento com maior exposição corporal, maior engajamento social, maior frequência na troca de parceiros e maior interesse pelo assunto.

Estando ou não num relacionamento estável, é importante que uma vez por ano o homem gay procure um urologista, com o objetivo de descartar possíveis doenças. A minha experiência é que muitos acreditam estar protegidos dentro de uma relação estável, mas tenho observado que há, na maioria das vezes, uma quebra dessa fidelidade e com isso, o relacionamento fica fragilizado.

Você sabia que receber sexo oral te expõe a doenças? E você normalmente não usa preservativo nesse contato, certo? Agora imagina você fazendo o sexo oral. E sem preservativo. Pois é, o sexo oral não é tão inofensivo assim. Tenho visto muitos casos de sífilis transmitidos pelo sexo oral desprotegido. E aí, estando ou não você num relacionamento estável, olha a confusão que isso pode causar, sem falar nas doenças que você(s) podem adquirir?

Então vamos lá: recomendo que anualmente, e sempre que você se expuser a uma situação de risco, como a citada sobre sexo oral sem preservativo com parceiro desconhecido, que realize exames de urina, de esperma (sim, ao introduzir o pênis no ânus sem proteção, você estará sujeito às infecções na próstata e na urina, causadas por bactérias do intestino. E também às infecções causadas por agentes infecciosos - bactérias, fungos, vírus - presentes na boca e na garganta do seu parceiro sexual) e exames de sorologia no sangue para HIV, Herpes, Clamídia, Sífilis e Hepatite.

E como homem, é bom depois dos 40 anos começar a realizar exames preventivos para o câncer na próstata. Aí, além do exame físico com toque retal, é necessário muitas vezes complementar a avaliação com exame de sangue para a dosagem do PSA e também, uma ultrassonografia por via abdominal para avaliar os rins, a bexiga e a próstata.

Espero que essa matéria sirva para orientar você, que está vindo até aqui atrás de informação. Divulgue-as, pois a minha experiência mostra que a maioria dos homens gays, desconhece-as.

Imagem: Web - Montagem exclusiva Em Neon

Por: Dr. Cid Zauli

Dr. Cid da Fonseca Zauli, nasceu em Niterói RJ), formado em Medicina pela Unversidade Federal Fluminense. Fez residência médica na especialidade de Urologia na cidade de São Paulo e especialização no Centro Médico Porte de Choisy, Paris- França. É especialista em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia, faz parte das sociedades Americana e Européia de Urologia. Atua como urologista há 29 anos. Hoje mora em São Paulo/SP e é diretor da Cid Zauli Clínica Urológica Ltda (www.clinicacz.com). Atua nos hospitais Nove de Julho, Albert Einstein, Oswaldo Cruz e São Luiz. E esclarece dúvidas nos Blogs Uroblogay e Urologia Cid Zauli.
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code