NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Super T: Modelo filipina, que assumiu transexualidade, dá recado às trans brasileiras

Em Neon: quinta-feira, 15 de maio de 2014



Uma das principais e das mais famosas modelos das Filipinas, Geena Rocero, assumiu em um discurso comovente na conferência da TED, que é uma mulher redesignada, "Eu quero fazer o meu melhor para ajudar os outros a viver sua verdade, sem vergonha ou medo", disse a modelo emocionada.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK


Geena Rocero é uma das principais supermodelos nas Filipinas. Aos dezenove anos, se submeteu a cirurgia de readequação sexual e se mudou para o Estados Unidos, onde tem triunfado na sua carreira internacional como top model. Deste sua chegada à America conquistou a mudança de sua identidade de gênero em seus documentos, o que não impediu das pessoas imaginarem se tratar de uma mulher Transexual. "Tenho sorte de ter uma família que me aceita e sabe me respeitar como uma mulher", disse Geena.

No último dia 31 de março, Dia Internacional da Visibilidade de Travestis e Transexuais, ela revelou sua vida para o mundo, na Conferência da Tecnologia, Entretenimento e Design, no final do discurso. Visivelmente emocionada foi aplaudida de pé.


A Super T, traduziu os melhores momentos desse emocionante discurso:

 "Ao Longo dos últimos nove anos, alguns dos meus amigos, colegas e até mesmo o meu empresário, não sabiam nada sobre a minha verdadeira história. Eu acho que eles terão uma grande revelação, hoje aqui. (enquanto aparecia ao fundo em um telão sua foto quando criança). Nasci no sexo masculino, eu me lembro quando eu tinha cinco anos, em meus país de origem, as Filipinas, quando colocava a camisa em minha cabeça, e minha mãe me perguntava porque eu fazia isso e eu disse: "Mãe este é o meu cabelo, eu sou uma menina!", eu sabia como me identificar. O gênero sempre foi considerado um fato, algo imutável. Mas agora sabemos que é algo muito mais fluido, complexo e misterioso. Por causa do meu sucesso, eu nunca tive a coragem de compartilhar a minha história, não porque eu pensei que era ruim, mas por causa da maneira como o mundo trata aqueles que se atrevem a ser livre.

Em minha adolescência uma missóloga e olheira me levou para conhecer e participar de concursos de beleza. Eu tinha 17 anos de idade. Em 2001 me mudei para São Francisco para ficar ao lado da minha mãe. Naquela época, nos Estados Unidos, tinha que se submeter primeiro pela cirurgia para depois mudar a documentação civil.

Para a maioria das pessoas da minha comunidade, que é uma realidade em que vivemos, a taxa de suicídio é nove vezes maior do que a população em geral. Todo dia 20 de novembro, temos o Dia Internacional em memória das vítimas da Transfobia e Travestifobia, estou em cena com uma longa história de pessoas que lutaram e se levantaram contra a injustiça. Hoje, neste momento, essa é a minha verdadeira vida, quero fazer o melhor para ajudar os outros a viverem a sua verdade, sem vergonha ou medo. Eu estou lá, exposta por um dia, não há necessidades de marcha silenciosa em memória das pessoas Travestis e Transexuais. Minha mais profunda verdade, permitiu-me aceitar quem eu sou."

Confira na integra o vídeo e o depoimento de Geena Rocero com a tradução em espanhol:



A Super T, pediu a Geena que falasse algo às Cidadãs Travestis e Mulheres Transexuais brasileiras que sempre apoiaram tais manifestações, e ela falou com exclusividade: "No momento, só quero  parar e agradecer à todas por esse apoio, foram os meus sonhos que me encorajaram a prosseguir, tem sido uma jornada de longas horas, dedicação, mas nunca me senti tão apaixonada e tão perto da minha verdade. Meu sonho em ser uma mulher, deste os cinco anos de idade no meu país, as Filipinas, veio através desse dia revelador, também amo a minha nação como vocês devem amar a de vocês, o Brasil".

O objetivo de Geena Rocero, foi o lançamento da sua campanha Genderproud, que se destina a alertar o mundo sobre a falta de conhecimento das pessoas travestis e transexuais, particularmente em termos de mudança de documentação. Assine a petição criada para arrecadar fundos. Faça sua doação, clique AQUI!

Por: Kimberly Luciana Dias

Kimberly é Blogueira (www.mundot-girl.blogspot.com.br) , Estilista e Must em acessórios para quem faz shows. Natural da cidade de Fernandópolis, interior de SP, é dona de alguns Títulos de Beleza e Talento Profissional. É atuante na militância pelos direitos das Travestis e Transexuais. 
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code