NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

sexta-feira, 7 de março de 2014

Curiosidades: Fatos que você provavelmente não sabia sobre o Oscar

Em Neon: sexta-feira, 7 de março de 2014

Em pleno carnaval, muita gente deixou de lado a folia para ficar em frente à TV assistindo a premiação do Oscar, o prêmio mais cobiçado para quem trabalha com a sétima arte.

Em sua 86ª edição os filmes mais premiados foram “Gravidade” que ganhou a maioria dos prêmios técnicos e “12 Anos de Escravidão” que foi eleito o filme do ano, além da bela Lupita Nyong'o como atriz coadjuvante.

Passado todo o fervor da noite de entrega nós selecionamos algumas curiosidades que envolvem a tradicional premiação, que você confere à seguir:

George Clooney é um dos únicos artistas que já concorreu em diferentes categorias, como atuação, roteiro, produção e direção.


A atuação mais curta digna de um Oscar pertence à atriz Beatrice Straight que esteve em cena por apenas 5 minutos e 40 segundos no filme “Rede de Intrigas” (1976).

Walt Disney é o grande vencedor do maior prêmio do cinema, tendo levado 26 estatuetas para casa. O cineasta também conseguiu o feito de ser indicado ao prêmio por 22 anos consecutivos.

Somente dois atores ganharam o Oscar por interpretar o mesmo personagem e foram Marlon Brando e Robert De Niro pelo papel de Vito Corleone em “O Poderoso Chefão” (1972) e “O Poderoso Chefão II” (1974), respectivamente.

Enquanto Meryl Streep coleciona indicações (18, no total), Katherine Hepburn é a atriz que mais faturou estatuetas, levando quatro Oscar para casa.

Woody Allen é o diretor que reúne mais indicações ao prêmio: são 16 na categoria Melhor Roteiro Original, sendo que ele levou para casa apenas três estatuetas.

O único homem de nome homônimo ao prêmio foi Oscar Hammerstein II que ganhou a estatueta por duas vezes de "melhor canção original".

Em 1972, Marlon Brando recusou o prêmio de Melhor Ator por sua participação em “O Poderoso Chefão” (1972). E, para deixar claro seu descontentamento, ele enviou a índia Sacheen Littlefeather à cerimônia como um protesto à maneira que a televisão e o cinema retratavam a figura indígena.

Para poder concorrer ao Oscar de Melhor Filme do ano, a produção precisa cumprir algumas exigências: ter mais de 40 minutos de duração, ter sido exibida por pelo menos uma semana em Los Angeles e ter uma resolução de projeção de 2048x1080 pixels.

A estrela mais jovem a conquistar o Oscar é a atriz Tatum O’Neal, que foi premiada como Melhor Atriz Coadjuvante no filme “Lua de Papel” (1973) quando tinha apenas dez anos.


Os filmes mais premiados da história do Oscar são “Ben-Hur” (1959), “Titanic” (1997) e “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei” (2003). Cada uma das produções faturou 11 estatuetas, sendo que “O Senhor dos Anéis” conquistou todas as categorias em que havia sido indicado.

A produção mais longa da história a levar um Oscar é o clássico “Guerra e Paz” (1968), que foi premiado na categoria Melhor Filme Estrangeiro e tem mais de sete horas de duração.

E o Vento Levou (1939) foi o primeiro filme filmado em cores a ganhar o prêmio de Melhor Filme. 

A Itália é o país que domina a categoria Melhor Filme Estrangeiro, com onze produções premiadas. Entre eles estão os clássicos “Noites de Cabíria” (1957), “8½” (1963) e “Amarcord” (1973), de Federico Fellini.

O discurso certamente é um dos momentos mais emocionantes para os vencedores do Oscar, e talvez essa seja a explicação para a atriz Gwyneth Paltrow ter dito “obrigada” 11 vezes e ter chorado diante da plateia depois de ter ganhado a estatueta de ouro de Melhor Atriz por “Shakespeare Apaixonado” em 1999.

O discurso mais longo do Oscar foi da atriz Greer Garson, que levou sete minutos para agradecer a todos pelo prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante de 1934. O mais curto? Alfred Hitchcock e William Holden ao receberem seus prêmios, discursaram um simples "obrigado".

Entre os discursos mais duvidosos, a cantora Cher (“O Feitiço da Lua”, 1987) agradeceu seu cabeleireiro, Roberto Benigni (“A Vida é Bela”, 1997) agradeceu à “pobreza infantil” e Maureen Stapleton (“Reds”, 1981) agradeceu a “todas as pessoas que eu já conheci na minha vida inteira”.

“Avatar” (2009) é o filme com maior orçamento da história a ganhar um Oscar. O valor total investido na produção não foi confirmado, mas estima-se que seja cerca de 230 milhões de dólares.

Na festa que ocorre após a premiação – que recebe o nome de Governors Ball –, são servidas 1,2 mil garrafas de champagne, mil lagostas, 1,2 mil ostras e 18 quilos de caviar.

O responsável pelas sobremesas servidas no baile usa 7 quilos de ouro comestível em pó para decorar as quatro mil miniaturas de estatuetas de chocolate que são oferecidas anualmente na festa.

A primeira edição do Academy Awards – que somente recentemente ganhou o nome de The Oscars – aconteceu em 16 de maio de 1929.

Naquele ano, a entrada para a cerimônia, que aconteceu no Hollywood Roosevelt Hotel, custava 5 dólares, o que equivaleria a 65 dólares atualmente.

Na 61ª edição da premiação, que aconteceu em 1989, a Academia decidiu alterar a expressão “E o vencedor é ...” pela frase “E o Oscar vai para ...”.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a falta de fontes de metal fez com que as estatuetas entregues durante a premiação fossem feitas de gesso. Anos depois, os Oscar foram substituídos pelas tradicionais peças metálicas.

Estima-se que cerca de 700 milhões de pessoas tenham assistido à cerimônia de entrega do Oscar que aconteceu ontem nos Estados Unidos.

Steven Spielberg possui dois Oscar de direção; por A Lista de Schindler e O Resgate do Soldado Ryan. Mas em 1986, ele foi esnobado pela academia por completo. Além de não ter sido indicado à Melhor Diretor por A Cor Púrpura, nas 11 categorias em que seu filme concorreu, simplesmente perdeu todas. O drama aclamado pela crítica da época, que tinha a novata Whoopi Goldberg no papel principal e a apresentadora Oprah Winfrey no elenco, perdeu na maioria das categorias para o romance “Entre Dois Amores” de Sydney Pollack.

O tapete vermelho estendido na entrada do Dolby Theatre media mais de 150 metros de comprimento e 10 metros de largura.

Cada estatueta entregue na noite de gala tem um custo de fabricação de 500 dólares. Elas medem 34 centímetros e pesam pouco mais de três quilos. 2.809 Oscars já foram entregues desde 1929.

Além de dar entrevistas e tirar centenas de fotos, todos os vencedores do Oscar precisam assinar um termo para levar a estátua para casa. Com isso, eles se comprometem a nunca vender a estatueta sem antes oferecê-la de volta a Academia pela bagatela de um dólar! Se um artista perder o prêmio, ele pode ser substituído por uma estatueta nova.

Esse acordo vale somente para os prêmios entregues depois de 1950. Um exemplo disso foi o ator Harold Russell que vendeu em 1992 o Oscar conquistado em 1947 por sua atuação em “Os Melhores Anos de Nossa Vida” (1946). Ele arrecadou 60,5 mil dólares para cobrir as despesas médicas de sua esposa.

Das 55 estatuetas roubadas pelo motorista Lawrence Ladente em 2000, 52 foram devolvidas pelo seu cúmplice, uma foi recuperada em uma batida policial feita em Miami em 2003 e duas continuam desaparecidas.

Liza Minnelli é a única vencedora do Oscar cujos pais (Judy Garland e Vincente Minnelli) também ganharam o Oscar.

A eleição dos melhores do ano é feita em duas partes: primeiramente os membros da Academia votam de acordo com sua especialidade, escolhendo cinco opções em ordem, além de eleger aquele que consideram o melhor filme do ano. Na segunda etapa, os participantes votam em todas as categorias a partir de cédulas que são enviadas pelo correio.

Midnight Cowboy é o único filme X-rated a ganhar o Oscar de Melhor Filme, embora Laranja Mecânica também tenha recebido uma indicação.

Em 2002, John C. Reilly tornou-se a quarta pessoa - depois de Claudette Colbert, Charles Laughton e Thomas Mitchell - a estrelar três filmes indicados ao prêmio no mesmo ano (Chicago, As Horas e Gangues de Nova York). Eles acumularam 32 nomeações no total.

Cinco pessoas foram nomeados para interpretar o mesmo personagem duas vezes: Cate Blanchett (Elizabeth I); Bing Crosby (Padre Chuck O'Malley), Paul Newman ( Eddie Felson), Peter O'Toole (Henrique II) e Al Pacino (Michael Corleone.

A primeira atriz negra a ganhar um Oscar foi Hattie McDaniel.O Kansan ganhou Melhor Atriz Coadjuvante por Gone With The Wind, em 1940.

A mais longa cerimônia de entrega do Oscar ocorreu em 2002 e foi organizada por Whoopi Goldberg. A cerimônia durou quatro horas e 23 minutos.

A primeira pessoa a receber um Oscar não participou da primeira cerimônia de entrega. Emil Jannings, o vencedor de Melhor Ator no Oscar 1927-1928, decidiu voltar para sua casa, na Alemanha, antes da cerimônia. Antes de sair para sua viagem, Jannings foi entreguar o primeiro prêmio da Academia.

Fontes:
empireonline.com
About.com

Por: Eduardo Moraes

Eduardo Moraes é jornalista formado pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) além de fotógrafo há 15 anos. Em seu curriculum estão o Jornal e Site Abalo, a Exposição O "T" da Questão e o Livro Avesso - Meu Lado Certo.
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code