NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Sara e Nina cantam a diversidade em 'Céu de Framboesa', primeiro álbum da dupla de drag queens

Em Neon: terça-feira, 7 de dezembro de 2021


Gabriel Sanches e Alessandro Brandão, que vivem Sara e Nina, estão no elenco de ‘Quanto Mais Vida Melhor!’, novela das 19h da Globo

Após um ano de muito trabalho e duas músicas lançadas, a dupla de drag queens Sara e Nina, vividas pelos atores Gabriel Sanches e Alessandro Brandão, respectivamente, lançam o seu primeiro álbum intitulado ‘Céu de Framboesa’. O lançamento acontece em uma data bem especial no dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

- Muita gente no nosso país sabe o que é ter medo. Medo de andar sozinha numa rua mal iluminada, medo de ser recriminada por usar um banheiro público, medo de tomar dura de polícia por causa da cor da pele, medo de apanhar por andar de mãos dadas com o (a) namorado (a). O medo é ainda mais presente quando há ausência de direitos e leis que assegurem nossa existência. Nosso “Céu de Framboesa” fala de nossas lutas, nossas dores, nossas histórias, nossos amores. O oposto do medo é o amor. O direito de amar que é de todo e qualquer ser humano. O dia 10 de dezembro é marcado por ser o Dia Internacional dos Direitos Humanos. Qual data melhor que essa para falar sobre tudo o que estamos falando? Queremos somar nossa voz num dia tão importante, cantando nosso ‘Céu de Framboesa’ – completa Nina sobre a data escolhida.

Primeiro a ser lançado pela dupla, o álbum reúne doze faixas inéditas, sendo oito composições próprias e quatro presentes de compositores amigos. Dialogando com a temática da diversidade, o trabalho reúne composições de gêneros variados, desde o pop oferecido por Joana Bentes em "#jádeu", passando pelo funk em parceria com Donatinho na música "Movimento de Translação", pela música caipira que é "Quando Morre uma Mulher", a marchinha de João Bittencourt e até pela erudição e sofisticação da guitarra e do arranjo de Nelson Faria em "Água Seca".

- A vontade de iniciar um trabalho autoral veio da necessidade em expressar artisticamente as vivências de Sara e Nina ao longo dos anos juntas, desde 2016, tanto nos palcos como nas ruas e em encontros e relações com outras pessoas da mesma comunidade, a população LGBTQIA+. “Nossas dores e lutas são nossa história diária, assim como nossas conquistas. Vivemos mais na luta que no regozijo e o nosso trabalho é justamente sobre a possibilidade de transformação desse quadro”, diz Sara. “Além de contar e cantarmos histórias de dor de tantas e tantos de nós, estamos também fazendo uma ode ao direito de ser quem se é - completa Nina.


Os atores querem aproveitar a visibilidade dada pelo trabalho que realizam na novela ‘Quanto Mais Vida Melhor!’, atual trama das 19h da TV Globo, onde Alessandro dá vida a drag ‘A Chefe’ e Gabriel vive o executivo Ronaldo Cintra, para chamar a atenção para o trabalho que fazem como Sara e Nina.

- Acreditamos que esse holofote seja muito importante para mostrar esse trabalho. Não somente por nós, mas também por várias Saras e Ninas que não são vistas, que trabalham, que sofrem represálias todos os dias e muitas vezes, infelizmente, são mortas em crimes que se tornaram corriqueiros no Brasil, que é o pais que mais mata pessoas LGBTs – ressalta Sara.

Os atores, ambos nascidos em Brasília (Alessandro em 1973 e Gabriel em 1988), em certo momento, escolheram morar no Rio de Janeiro (Gabriel veio em 2006 e Alê, em 2008). Uma amiga em comum os apresentou e o que era flerte virou um casamento de 12 anos. A dupla ‘Sara e Nina’ foi criada em 2014 e o álbum começou a gravado em 2019 em um momento difícil, já que eles estavam em processo de separação. Isso reverberou em ‘Céu de Framboesa’ que fala sobre assuntos difíceis de uma forma leve e inspirada.

- Gravar esse álbum foi, de alguma forma, celebrar o nosso processo. A gente sempre teve certeza do nosso amor e sempre foi muito importante que a gente cuidasse dele. Da mesma forma que levamos anos construindo um casamento, também levamos anos desconstruindo e mais: trabalhando juntos uma outra forma de continuar nos amando - analisa Gabriel - ou Sara para quem a vir montada.

A dupla aproveitou os intervalos entre as gravações da novela e foram ao estúdio onde já finalizaram o seu próximo trabalho intitulado ‘Minhas Mulheres Tristes’.

- Pretendemos lançar esse novo álbum no primeiro semestre de 2022. Se trata de uma releitura de sucessos do samba-canção que foram cantados ou compostos por mulheres – ressalta Nina.

‘Céu de Framboesa’ estará em todas as plataformas digitais a partir de 10 de dezembro. O link, para fazer pré save, está no https://tratore.ffm.to/ceudeframboesa-album

Mídias oficiais: https://www.instagram.com/sara_e_nina/


Ficha Técnica

CÉU DE FRAMBOESA

01 - CÉU DE FRAMBOESA
Autores: Pedro Barbosa/Sara e Nina
Vozes: Sara e Nina e Pedro Barbosa
Violão: Rafael Oliveira
Baixo: Juju Barreto
Piano/harmônio: Claudia Elizeu
Bateria: Georgia Camara
Sapateado: Olivia Vivone
Produtor musical e arranjo: Pedro Barbosa
Técnico de Som: Zé Nobrega
Gravação: Estúdio Jimo 2018

02 - A HISTÓRIA DE MAFALDA
Autores: Sara e Nina/Pedro Barbosa
Vozes: Sara e Nina
Voz Coro: Pedro Barbosa
Violão/baixo/teclados: Pedro Barbosa
Bateria: Georgia Camara
Produção musical e arranjo: Pedro Barbosa
Técnico de Som: Kayan Guter
Gravação: Estúdio Carolina, 2019

03 - MOVIMENTO DE TRANSLAÇÃO
Autores: Sara e Nina/ Pedro Barbosa
Intérprete: Sara e Nina
Voz Coro: Rafael Oliveira
Violão: Rafael Oliveira
Teclados/sintetizador: Donatinho
Produção musical: Donatinho
Técnico de Som: Fabrício Oliveira
Gravação: Estúdio Carioca , 2018

04 - #JÁDEU
Autor: Joana Bentes
Intérpretes: Sara e Nina
Guitarra: Rafael Oliveira
Cordas/teclados: Daniel Tauszig
Produção musical e arranjo: Daniel Tauszig
Técnico de Som: Kayan Guter
Gravação: Estúdio Carolina , 2019

05 - PLENO DIA
Autores: Sara Nina/ Pedro Barbosa
Teclados/programações/Baixo: Pedro Barbosa
Produção musical e arranjo: Pedro Barbosa
Técnico de Som: Kayan Gunter
Gravação: Estúdio Carolina, 2019

06 - TUDO BEM
Autor: Nina Bellohombre
Intérprete: Sara e Nina
Guitarra: Rafael Oliveira
Teclados/ Programações: Pedro Barbosa
Produção musical e arranjo: Pedro Barbosa
Técnico de Som: Kayan Guter
Gravação: Estúdio Carolina, 2019

07 - ÁGUA SECA
Autor: Nina Bellohombre
Intérprete: Sara e Nina
Guitarra acústica: Nelson Faria
Backing vocal: Nelson Faria
Produção musical e arranjo: Nelson Faria
Técnico de Som: Kayan Guter
Gravação: Estúdio Carolina, 2019

08 – AMARELOU
Autor: Natascha Falcão
Intérprete: Sara e Nina
Produção musical e arranjo: Pedro Barbosa
Violão: Rafael Oliveira
Percussão: Lanlanh
Técnico de Som: Kayan Guter
Gravação: Estúdio Carolina, 2019

09 - QUANDO MORRE UMA MULHER
Autor: Nina Bellohombre
Viola caipira/ violão de aço: Marco Scolari
Produção e arranjos: Marco Scolari
Técnico de Som: Kayan Guter
Gravação: Estúdio Carolina, 2019

10 - PÉS DE LILASES
Autor: Nina Bellohombre
Intérprete: Sara e Nina
Violão: Rafael Oliveira
Cavaquinho: Manoela Marinho
Produção musical: Pedro Barbosa
Técnico de Som: Kayan Guter
Gravação: Estúdio Carolina, 2019

11 – CHORUME
Autor: Sara e Nina/ Pedro Barbosa
Interprete: Sara e Nina
Intérprete convidada: Simone Mazzer
Guitarra/Baixo: Pedro Barbosa
Violino: Ana de oliveira
Bateria: Renzo Borges
Produção musical e arranjos: Pedro Barbosa
Técnico de Som: Kayan Guter
Gravação: Estúdio Carolina, 2019

12 - MAMÃE PASSOU PURPURINA EM MIM
Autor: João Bittencourt
Intérprete: Sara e Nina
Guitarra: Rafael Oliveira
Bateria: Georgia Camara
Produção musical e arranjo: Pedro Barbosa
Técnico de Som: Kayan Guter
Gravação: Estúdio Carolina, 2019

Mixado por Rafaela Prestes - Estúdio Forte Apache - Faixa 1, 3 (2018) 2, 5, 7, 8, 9- (2019)/Faixa 4, 6, 10, 11, 12 (2021)

Masterizado por Alexandre Rabaço - Estúdio Aura (Faixa 1, 3 - 2018); Igor Ferreira (Faixas 2, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12 - 2021)

Arte gráfica da Capa - Júlia Nunes

Produzido por: Luiz Felipe Sá/Cajá Arquitetura Cultural/Sara e Nina

 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code