NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Em comemoração ao Dia do Orgulho LGBTI+ Espetáculo 'Vida Viada' ao vivo on-line no DIGO Festival

Em Neon: quinta-feira, 4 de junho de 2020

Escrito e encenado pelo ator e cantor Guto Rocha, o espetáculo solo Vida Viada será apresentado na forma de uma live no perfil do Instagram do DIGO – Festival Internacional de Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás, em comemoração ao Dia do Orgulho LGBTI, 28 de junho, 20 horas.

Trata-se de uma performance artística que une texto e músicas para descrever passagens de sua infância, na voz de Nunna Queer, drag queen criada pelo artista. No texto, ele aborda como lidou com a descoberta de seus desejos e expressões, como uma criança que sempre soube ser gay, mesmo
antes de entender o que isso significa.

"A ideia surgiu a partir de uma inquietação própria, da busca da minha infância como gay. E também da observação de outras crianças". Ele conta que o processo de criação foi muito rápido, e que a princípio, a ideia era escrever histórias ficcionais. "Comecei a mesclar coisas minhas e quando eu vi, todo o material era autobiográfico. São histórias e músicas da minha infância". A performance que se verá na live é o embrião de um projeto que ele pretende estender e agregar outras vivências: "Esta apresentação é um primeiro momento do espetáculo, o próximo passo é recolher histórias de mais pessoas LGBTQIA+ para compor um espetáculo maior e quando todo esse revés passar, encenar nos
palcos."

A partir de recordações de episódios específicos de sua infância, ele percorre um histórico de eventos definidores de sua identidade enquanto "criança viada" e os mistura a músicas que fizeram parte de sua infância. "As músicas são uma continuação das histórias que eu conto. Elas entram de uma maneira muito orgânica com o texto, dando continuidade ao texto ou ilustrando o que o texto fala".

No repertório, uma seleção de canções que fazem parte da memória afetiva de uma geração, de Xuxa a Luís Caldas.

As lembranças evocam passagens engraçadas, tristes e até mesmo traumáticas. "As pessoas LGBTQIA+ são mais reprimidas na infância. Meninos heterossexuais têm suas investidas sexuais e românticas incentivadas na adolescência, meninos gays aprendem que devem ter vergonha de ser como são. Isso numa fase que em que ele nem sabe o que está acontecendo com seu corpo. Gays, lésbicas, transexuais passam a vida inteira sofrendo pequenas rupturas, percebem que não conseguem se encaixar naturalmente em nenhum lugar."

Guto Rocha é ator e cantor com formação no Teatro Escola Basileu França. Em 2017 participou da montagem da peça Ópera do Malandro, de Chico Buarque, interpretando a icônica personagem Geni. Há dois anos se reveza nas apresentações do grupo Samba do Carlito e no show solo Toda Forma de
Amor, onde desfila um repertório romântico com textos e poesias sobre a diversidade sexual e de gênero. Nos palcos e nas redes sociais, se apresenta maquiado e transitando entre gêneros, por meio da drag queen Nunna Queer, seu alter ego, que dá voz a pessoas marginalizadas e oprimidas.

Serviço
Performance artística de Guto Rocha (@nunnaqueer)

Dia 28 de Junho
Às 20h
Perfil @digofestival
(Basta acessar a live no horário)
Doe para Casa de Renovo
Acolhimento LGBTI
https://picpay.me/casa.renovo

Acompanhe as lives do @digofestival !

O DIGO Festival através da campanha #digoficaemcasa está realizando lives com bate papo todas as terças, sextas e sábados, no instagram @digofestival, com convidados super especiais do Brasil e do Exterior falando sobre o universo LGBTI+ arte ! Não deixe de acompanhar !
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code