NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Rodolfo Lima reestreia ‘Réquiem para um rapaz triste’ na Sala Baden Powell e ministra oficina teatral ‘Em busca de um indivíduo cênico’

Em Neon: quarta-feira, 6 de junho de 2018

A partir do dia 06 de julho, a peça "Réquiem para um rapaz triste" entra em cartaz na Sala Municipal Baden Powell, para um temporada de 12 apresentações, de sexta a domingo, as 19h, até 29 de julho. Com ingressos a R$30 (inteira) e R$15 reais (meia). O trabalho é livremente inspirado nas personagens femininas do autor Caio Fernando Abreu.

No mesmo mês e local, o ator Rodolfo Lima conduzirá a oficina teatral "Em busca de um indivíduo cênico", que será realizada aos sábados, das 13h as 17h. Gratuitamente.

Estreia dia 06 de julho de 2018 as 19h, na Sala Espelho da Baden Powell a peça "Réquiem para um rapaz triste", inspirada nas personagens femininas do autor Caio Fernando Abreu. Interpretada pelo ator Rodolfo Lima, a peça estreou oficialmente em 2004 e desde então já realizou mais de 200 apresentações, só na cidade de São Paulo já passou por cerca de 30 espaços diferentes. A peça seguirá em cartaz de sexta a domingo, até 29 de julho.

Em cena Alice, uma mulher solitária, apoiada no cigarro, dialoga com o público sobre suas escolhas, reverberando em temas como o amor, a falta, a solidão e a procura.

Interpretado por Lima, a peça tem uma proposta crua, realista, e o público adentra o quarto da personagem, para juntos vivenciarem o drama daquela mulher.

A peça é também a possibilidade de se propor um outro olhar para a literatura do autor falecido em 1996. A base estrutural da adaptação final, realizada pelo ator, foi o conto “Dama da Noite”, publicado originalmente no livro “Os dragões não conhecem o paraíso” em 1988 e merecedor do Prêmio Jabuti do referido ano. Para Caio, o livro e os textos contidos nele são histórias que giram sempre em torno do mesmo tema, o amor. O amor é suas consequências, como sexo, abandono, morte, alegria, memória, medo e loucura. "Réquiem para um rapaz triste", resvala de certa forma nessas temáticas.

É a primeira vez que a peça entra em cartaz no Rio de Janeiro, embora já tenha passado pela cidade em duas ocasiões especificas: em 2012, para três apresentações durante uma ocupação artística no Art Hostel Rio (dias 02,03 e 04/11) e em 2017 estava programada para integrar a programação do mês da Diversidade Sexual em outubro, no Castelinho do Flamengo, que foi interditado. O trabalho foi acolhido pelo Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo, em Santa Tereza, no dia 15/10.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Ficha Técnica
Inspirado nas personagens femininas de Caio Fernando Abreu.
Adaptação, Interpretação e Direção: Rodolfo Lima
Figurino e ambientação cênica: Teatro do Indivíduo.
Vídeo: Dedeco Macedo
Fotos: Edu Fortes, André Stefano, Elói Corrêa e Carlos Valle
Design Gráfico: Betinho Neto
www.escritossobreaausencia.wordpress.com
www.facebook.com/alice.alice.73594
youtube: Rodolfo Lima

+ Informações teatrodoindividuo@gmail.com ou (11)97497-4207

Serviço
Réquiem para um rapaz triste
De 06 a 29 de julho de 2018
Sextas, sábados e domingos as 19h
40 lugares
60 minutos
16 anos
Ingressos: R$30 (Inteira) e R$15 (meia)
Sala Municipal Baden Powell
– Sala Espelho
Av. Nossa Senhora de Copacabana, 360/ 5° andar
(21) 2547-9147 / 98675-4227

Sobre o ator
Rodolfo Lima é ator, diretor de teatro, jornalista e Mestre em Divulgação Cientifica e Cultural pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e pesquisa atualmente a relação entre teatro e gays para sua tese de doutorado. Como ator e diretor de teatro trabalha com a literatura nacional e suas possibilidades em cena. Tem no seu currículo peças adaptadas da obra de Caio Fernando Abreu “Réquiem para um rapaz triste” (2003) “Todas as horas do Fim” (2004), “Epifanias” (2009), “Epifanias 2” (2010), “Cerimônia do Adeus” (2013) e “Os dragões não conhecem o paraíso” (2016). Além da produção do evento: Mostra Cênica Caio F. (1° e 2° edição – 2009 e 2016); e a participação nos eventos “Outros Contextos” (2009) – e Mostra de Artes do SESC (2010) para expor a vida e obra do autor, ambos no SESC Consolação. Também no currículo de Lima e consequentemente do seu
Teatro do Indivíduo temos as peças: “Bicha Oca” (2009) e “Desamador” (2013), respectivamente trabalhos baseados na literatura dos autores Marcelino Freire e Fabricio Carpinejar. Em janeiro de 2015 realizou o evento “Em Busca de Um Teatro Gay” (2015) com ciclo de debates, apresentações teatrais e exposição que mapeia a produção gay da cidade de São Paulo na primeira década do século XXI. Seus trabalhos foram apresentados em diversos locais na capital e cidades do estado de São Paulo, além de PR, RS, RN, CE, BA, RJ e PE.


Em busca de um indivíduo cênico - Oficina vivência teatral
Não se pode montar um espetáculo que não fale um pouco de nós mesmos, dos nossos horrores, fantasmas e desejos.” – Ariane Mnouchkine

O que é?
De 07 a 28 de julho de 2018, a Sala Espelho, da Sala Municipal Baden Powell recebe a oficina teatral "Em Busca de um indivíduo cênico". A oficina será realizada aos sábados, das 13h às 17h. Ministrada por Rodolfo Lima (Teatro do Indivíduo) a oficina tem como objetivo trabalhar com o potencial criativo do indivíduo, a partir de suas singularidades. E instigar o outro com as questões que permeiam o processo de criação. Lima, esteve na Sala Baden, ano passado com o espetáculo “Bicha Oca” e retorna agora com o solo “Réquiem para um rapaz triste”.

As dúvidas comuns...
O que faz um ator? Qual suas habilidades? Como operacionar seu trabalho? Sua individualidade, suas questões? Como separar pessoal de profissional? Como ter satisfação? Como passar credibilidade em cena? As dúvidas não cessam nunca, como aceitá-las e conviver melhor com elas? Preciso ter experiência? Experiência em quê? Eis algumas questões.

“Procurar um personagem com um ator, é antes de mais nada, torcer para que exista o personagem dentro do ator, ou para que ao menos exista espaço para esse personagem. E, em seguida, deixá-lo surgir. Limpar para que ele surja”
– Ariane Mnouchkine

A partir de que pressuposto?
Rodolfo Lima trabalha a intersecção entre literatura e teatro, e a oficina vai trabalhar, como forma de estimulo, com os textos do autor gaúcho Caio Fernando Abreu. Estimular o indivíduo a criar suas próprias cenas e desenvolver os temas que os aquieta a partir de uma obra literária e seus próprios limites. Propiciando assim uma experiência estética, artística e pessoal, privilegiando a autonomia individual.

“Os verdadeiros atores vivem o instante, sem falsificá-lo. A longo prazo, a atuação deles se torna tão transparente que vira a própria vida. Afinal de contas, atuar não é trapacear. Parece que há um público para os trapaceiros, mas eu não faço parte dele” – Ariane Mnouchkine

Como se inscrever
Para garantir sua vaga, envie para o email teatrodoindividuo@gmail.com + uma breve carta de interesse ou o currículo, para que o ator o conheça
Não é necessário ter experiência em teatro. Lhe interessa justamente a diversidade dos alunos, bem como suas intenções, intensidades e desejos. São 15 vagas.
* As aulas serão oferecidas gratuitamente;
** Alguns textos do autor serão disponibilizados no primeiro dia de aula.

“Diz-se que não vale a pena festejar a vitória porque ela vai sempre ser seguida de uma derrota. Pois então! É justamente porque são tantas as derrotas que é preciso celebrar as vitórias. 
Mesmo as menores. E o teatro é um dos últimos lugares de celebração. Ele é, por si só, uma vitória”. – Ariane Mnouchkine

Onde, quando, quanto?
Local: Sala Municipal Baden Powell – sala Espelho
Av. Nossa senhora de copacabana, 360/5° andar
15 vagas
Dias 07, 14, 21 e 28/09 de julho das 13h às 17h
Inscrições e Informações
teatrodoindividuo@gmail.com
Interessados em geral, Atores, Leitores de Caio Fernando Abreu
Maiores de 18 anos
Investimento: Gratuita
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code