NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

quinta-feira, 29 de março de 2018

Em março, o Rio de Janeiro vai ser a capital dos covers

Em Neon: quinta-feira, 29 de março de 2018

O Rio de Janeiro vai receber um festival diferente, dinâmico, para todos os tipos de bolsos e público. A primeira edição do “JJ Invest Cover Festival” vai acontecer nos dias 30 e 31 de março, feriado da Semana Santa, no bairro carioca da Gamboa, para elevar o ânimo dos cariocas, que precisam muito de um relax, com segurança e diversão garantida.

Presta atenção que lá vem textão, porque o negócio é grande: durante os dois dias, 12 horas de interação em cada, com música ao vivo de 10 bandas cover, apresentações de seis artistas de stand up comedy, seis DJs e 190 expositores divididos entre cervejarias, foodtrucks, estandes de tatuagem e bodypiercing, produtores de cachaça de toda a região Sudeste, além de moda.

Shows
O evento será um festival de música da melhor qualidade. Pense naquela banda ou artista internacional que você ama, mas que por logística, falta de tempo e dinheiro na carteira, você acaba ficando no sofá assistindo ao TV. É possível curtir os maiores sucessos do seu grupo predileto cantados por um... sósia, um cover. No “JJ Invest” os ritmos são ecléticos, do pop ao rock, passando pelo nacional e pelas décadas de 80, 90 e 2000. Vai ter Madonna, Coldplay, Dire Straits, Red Hot Chilli Peppers, The Smiths, Cindy Lauper, Pearl Jam, Oasis e os brasileiros Los Hermanos e Cássia Eller. Todos os cantores são “cover”, ou seja, a reprodução absoluta do seu artista favorito; ou bandas de “tributo”, que homenageiam seus ídolos. Serão cinco shows por dia com duração de uma hora cada e intervalo de uma hora para troca de equipamentos. Os shows acontecerão no palco central. Haverá ainda um palco menor, em que DJs e comediantes se apresentarão durante os intervalos.

Coldplay Cover Oficial
A aposta do evento será a banda criada em Blumenau (SC), em 2013, com os músicos Daniel do Nascimento, Rodrigo Pereira, Thiago Gonçalves e Paolo Roberto. Nem precisa fechar os olhos para ter a impressão de que está vendo e ouvindo o vocalista Chris Martin. Aliás, no ano passado, o vocalista Thiago foi assistir ao show da "original", em Porto Alegre, e acabou descolando uma subida ao palco e um abraço de Martin. O grupo surtiu justamente pelo fato de Thiago se parecer muito com Chris e, de tanto as pessoas falarem, ele aderiu à ideia. E como subiu ao palco? “Quando soube que a banda vinha, eu e minha namorada planejamos tudo. Levamos a roupa de elefante e fizemos cartazes pedindo para a banda chamar o elefante. Nossa banda cover já estava sendo bastante reconhecida pelos fãs e havíamos feito shows pelo país. E tive a ideia de usar ali a roupa de elefante que uso nos shows, a mesma do Chris e eles me chamaram”, conta Thiago.

Christopher Clark – tributo Cindy Lauper
O cantor ficou conhecido ao ganhar a primeira temporada do programa “X Factor Brasil”, na Rede Bandeirantes, em 2016. No entanto, Chris canta há 25 anos e já participou de bandas como Lart Joker, Cajamanga – uma das atrações do Rock in Rio em 2001 - e Piper. O artista começou a carreira cantando heavy metal e hard rock, mas com o tempo foi transitando entre o blues, o soul e o pop. Suas maiores influências são Stevie Wonder, Iron Maiden, Cindy Lauper, LED Zepplin e Michael Jackson. Com a vitória, Clark ganhou um contrato com a gravadora Sony Music e lançou, em 2017, um álbum que leva seu nome com quatro faixas inéditas (três autorais) em português e 10 covers em inglês, com versões mais roqueiras para músicas de Adele, Bruno Mars, Demi Lovato e Florence and the Machine. “Se eu pegasse um Iron Maiden ou Bon Jovi, que são bandas que eu gosto, elas ficariam semelhantes, mas quando eu pego uma música pop e a transformar em rock, eu mostro a minha cara”, afirmou ele, “apadrinhado” por Rick Bonadio, que descreveu bem a potência vocal de Clark. “Ele pega os detalhes mais sutis de cada canção e recriando do seu jeito como um artesão. Qualquer canção realmente tem uma nova vida quando cantada por ele. Um artista que demorou para ser descoberto, mas que felizmente ainda tem muito a mostrar”. No festival, ele vai mostrar novamente um lado diferente, fazendo um tributo à Cindy Lauper. Por que Cyndi? "Porque ela tem músicas de rock, os clássicos, e quatro oitavas de voz. É um desafio porque vou cantar no tom dela", diz Cristopher, que vai gravar um álbum só com músicas da cantora.

30 de MARÇO (sexta-feira)
ANOS 80 & 90
Red Hot Chilli Peppers (SC)
(tributo)

The Smiths (RJ)
(tributo)

Dire Straits(RJ)
(tributo) 

Christopher Clark em tributo a Cyndi Lauper (SP)

U2 - U2 Cover CWB, de Florianóplis
(cover) 

31 de MARÇO (sábado)

Pearl Jam (RJ)
(tributo) 

Los Hermanos (MG)
(cover) 

Cássia Eller (SP)
(cover) 

Oasis (SP)
(cover) 

Coldplay (SC)
(cover)

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Comidas e bebidas
Não haverá no evento as marcas conhecidas de fast food, muito menos cervejas que estão nas prateleiras dos mercados, mas 15 marcas de cerveja artesanal e 15 foodtrucks com comidinhas deliciosas.

Cachaça 
Terá um espaço chamado “Vila da Cachaça”, com 20 expositores do Rio de Janeiro, Minas e São Paulo. Garrafas, drinks e tudo relacionado à bebida estarão presentes.

Tatto & Bodypiercing
Também terá uma vila dedicada ao segmento. Serão 20 estandes, trazendo as novidades do universo das tatoos e bodypiercing. Na vila haverá workshops com profissionais mostrando as técnicas e novas tendências desse universo.

Política social
A JJINVEST , empresa de investimentos do Rio de Janeiro, ao aceitar patrocinar o festival, exigiu que houvesse uma ação social. O preço do ingresso do primeiro lote custa R$50,00. No entanto, estudantes pagam  meia-entrada: R$25,00. E cada pessoa que levar um quilo de alimento não perecível, ou um lençol que não usa mais, uma peça de roupa, um shampoo, um livro, qualquer coisa que não tenha mais utilidade, mas sirva para outra pessoa, pagará meia entrada. Tudo oque for arrecadado será doado para asilos. E 10% da renda da venda de ingressos também será usada para a compra de remédios. Outra ação é a contratação de deficientes físicos, trans e negros durante os dois dias de evento.


Serviço
Evento: JJ INVEST COVER FESTIVAL
Quando: 30 e 31 de março
Hora: de 12:00hs a 00:00hs
Local: Galpão do Rio, esse é o novo nome do espaço onde funcionou o Art Rua – festival de arte urbana da Semana de Arte do Rio (ArtRio) - desde 2015, na Rua Professor Pereira Reis 76, em Santo Cristo. A reinauguração será com o “JJ Invest Cover Festival”
O galpão tem 7.500 metros quadrados, capacidade para três mil pessoas e fica no caminho do VLT
Preço: R$25,00 (meia); R$50,00 (inteira)
Pontos de venda: Livraria Berinjela
(Av Rio Branco, 185, loja 10, Centro)
Os ingressos podem ser obtidos no site www.ingressoexpresso.com.br ou na livraria Berinjela (Av. Rio Branco , 185, loja 10, Centro , RJ)
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code