NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

O 'Bazar e Exposição de Elke Maravilha' precisa de sua ajuda para a criação do 'Instituto Casa de Elke'

Em Neon: segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Os programas de calouros fizeram parte da cultura brasileira. Neles, inicialmente, podíamos ver o surgimento de vários cantores que se tornaram ícones. Esses programas surgiram na época de ouro das rádios, como o de Ary Barroso na rádio Tupy. Devido ao surgimento da televisão esses programas migraram para esse novo veículo de comunicação e ganharam formatos com apresentadores como Chacrinha e Silvio Santos. A audiência desses programas deveu-se não somente ao carisma dos seus apresentadores ou ao desempenho por vezes grotesco dos calouros, mas também aos jurados. Mal humorados como Carlos Imperial ou Décio Piccinini, palhaços como Pedro de Lara e artistas com presenças inesquecíveis, das quais se destacam, primeiramente, Elke Maravilha.

Falar de televisão, moda e intelectualidade no Brasil e não citar Elke Maravilha é impossível. Questionadora, inteligente, ousada e excêntrica, a figura da ex- modelo, apresentadora, atriz, jurada de programa de calouros, professora, tradutora e professora de línguas, é querida pelos brasileiros e ainda deixa muitas pessoas curiosas sobre sua vida, rotina, personalidade e principalmente seu jeito ousado de ser e se vestir.


Infelizmente, com a perda dessa grande personalidade em 16 de agosto de 2016, muito do que poderíamos aprender com ela por sua sabedoria e exemplo se tornou inviável. Mas a memória dela se faz presente por meio do Bazar e "exposição" Elke Maravilha. Instalado na Galeria Frei Caneca, que fica na rua Frei Caneca, 121, bairro da Consolação, na cidade de São Paulo, desde o dia 5 de fevereiro de 2017 lá se reúnem peças do acervo artístico e pessoal de Elke Maravilha. O visitante poderá ver desde suas roupas, perucas, botas, acessórios, passando por seus objetos pessoais e fotos de sua brilhante carreira artística, tudo mostrado pela primeira vez ao público em geral, sem custo de visitação, uma parte daquilo que é vendido e revertido à criação do Instituto Casa de Elke, uma forma futura de se conservar adequadamente o acervo dessa artista e contar a história da personalidade que fez parte da moda e da televisão brasileira.

Este projeto pretende realizar uma mostra intitulada "Casa de Elke" em São Paulo, no mesmo espaço da Galeria Frei Caneca e pretende abranger um público maior, com o acervo completo, podendo assim criar parcerias com escolas de moda, figurinistas, amantes da TV e personalidades em geral.

Essa nova intervenção tem a intenção de recriar a ambientação de seu apartamento, fazendo o visitante se sentir mais íntimo da vida e carreira de Elke. Parte desse acervo será conservada para o futuro Instituto Casa de Elke, que você poderá ajudar a construir através da famosa vaquinha via internet, através do site Catarse.

Justificativas do Instituto
Trazer um pouco daquilo que Elke foi desde sua chegada ao Brasil, até seu despontar na vida artística, devem e merecem ser contados, registrando assim parte de sua memória e da importância que a televisão teve para a formação da sociedade brasileira.

Portanto, a finalidade deste projeto é contar com seu apoio para a preservação de todo acervo de Elke Maravilha para assim manter viva a memória dessa artista “sui generis”.

Recursos
Para a readequação do espaço da Galeria Frei Caneca para a Mostra, haverá necessidade de adaptações e melhorias para receber o acervo. Para isso, há necessidade de:
- Projetores;
- Som;
- Iluminação;
- Manequins;
- Expositores de madeira e acrílico;
- Local adequado para guarda dos objetos, quando não estiverem sendo expostos;
- Pintura, reparos e pequenas reformas na galeria;
- Equipe de 5 pessoas e material para montagem e recuperação de algumas peças;
- Alimentação e locomoção dessa equipe durante a montagem de 20 dias;
- Alimentação e locomoção de uma equipe de 3 pessoas durante a mostra;
- 13% para pagamento do serviço de crowdfunding e financiamento coletivo organizado pelo site Catarse.

Das salas à disposição na Galeria Frei Caneca
Serão divididas por categorias: cabeças; perucas; altares; acessórios à venda; filmes e documentários; joias e semi joias; fotografias; memórias pessoais e da televisão; projeção das apresentações teatrais de Elke como: Elke Canta e Conta e Elke do Sagrado ao Profano.

Uma Sala com os nomes e as recompensas expostas das pessoas que apoiarem o projeto,onde serão retiradas ou entregues no final da mostra.

Público alvo
Estudantes de moda, estilistas, figurinistas, fotógrafos, colecionadores, amigos, fãs e admiradores em geral.

Contribua para que a memória de Elke Maravilha esteja viva entre seus fãs e para que novas pessoas conheçam um pouco mais dessa figura emblemática da arte brasileira.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Serviço
Bazar e exposição Elke Maravilha
Galeria Frei Caneca
Rua Frei Caneca, 121, bairro da Consolação, São Paulo

Casa de Elke
Vaquinha no site Catarse
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code