NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

terça-feira, 10 de maio de 2016

Usar saliva como lubrificante no sexo anal aumenta o risco de contrair gonorreia

Em Neon: terça-feira, 10 de maio de 2016

Os homens que fazem sexo com homens (HSH) e usam saliva como lubrificante para praticar o sexo anal receptivo são duas vezes mais propensos a desenvolver a gonorreia retal; isto de acordo com a pesquisa publicada na revista Sexually Transmitted Infections.

Segundo o site Desastre, uma equipe de pesquisadores australianos realizou um inquérito para determinar se certas práticas sexuais anais, com o uso de saliva, como o rimming (sexo oral-anal) e o dedilhado (manipulação do ânus com os dedos) representam fatores de risco para obter a gonorreia anal entre homens gays e outros HSH.

O estudo envolveu a participação de 1.132 homens, as amostras foram tomadas a partir do reto e da garganta para detectar a presença de gonorreia. Além disso, os participantes responderam a um questionário sobre comportamentos de risco e comportamento sexual.

Os pesquisadores descobriram gonorreia retal em 56 dos estudados e faringite gonocócica (o nome dado a gonorreia na garganta), em 22, o que representa 4% e 1,7%, respectivamente, do total estudado.

Do sexo rimming foram receptivos, com 70,5%; dedilhado ou breve penetração anal, com 84,3%; e usar de saliva como um parceiro de lubrificante no sexo anal, com 68,5%.

De acordo com os resultados, o uso de saliva como um lubrificante durante o sexo anal foi associado com o aumento de 40% no risco de contrair gonorreia retal. O anal receptivo rimming e a penetração breve, não tiveram associação com a gonorreia retal; uma das hipóteses dos investigadores é de que o volume de saliva, como lubrificante, usado em cada uma das práticas influencie nesta diferença.

Os resultados da pesquisa indicam que este estudo é o primeiro a mostrar que a saliva de uma pessoa com faringite gonocócica pode aumentar significativamente o risco de gonorreia retal quando ela é utilizada como um lubrificante durante o sexo anal.

A gonorreia é uma doença sexualmente transmissível provocada por uma bactéria chamada Neisseria gonorrhoeae, que pode ser encontrada no genitais, no reto e na garganta; na última pode ser transmitida através do sexo oral. A maioria dos casos de faringite gonocócica é assintomática.

Então na hora do sexo, todo cuidado deve ser tomado. Camisinha sempre e a utilização de gel à base de água ajuda na penetração e não traz nenhum tipo de risco.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Foto: Reprodução da internet

Fonte: Desastre

 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code