NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

quarta-feira, 16 de março de 2016

Teatro: ‘Coração Darkroom’, sobre Serial Killer de homossexuais, em nova temporada

Em Neon: quarta-feira, 16 de março de 2016

Coração Dark Room faz um mergulho na mente de um assassino em série. A peça conta a história de um garoto de programa perante a solidão nos grandes centros urbanos, propondo uma reflexão sobre o significado da vida – e da morte – em nossos dias.

Coração Dark Room, foi indicada ao premio do Festival Papo Mix em 2015 como melhor espetáculo LGBT. O espetáculo faz parte do repertorio da Companhia ARTERA de Teatro, dedicada a investigar temas que dialoguem com a contemporaneidade e as minorias.

“O assassino em série é uma metáfora para falar sobre a violência contemporânea. A figura de um serial killer está em nosso imaginário coletivo, temos fascínio perante a morte. Em uma cidade onde as pessoas se tornam estrangeiras pelo desconcerto da agitação do tempo. O encontro com a obra do Caio F. fez com que brotasse uma dramaturgia que falasse de identidade gay, solidão, memória e de lacunas. Há um espaço decadente na noite LGBT, quis a principio fazer um espetáculo que tratasse dos quartos escuros, mas aqueles que existem dentro de nós” - afirma Ricardo Corrêa.

Sobre Companhia ARTERA de Teatro.
Criada em 2001 com intuito de abarcar diversas dimensões da cena contemporânea, tem por meta a encenação de textos com dramaturgias inéditas, direcionando a pesquisa para temas relacionados às minorias, permitindo-se o intercâmbio com outras artes, manifestações e tecnologias. A Cia destacou-se na cena teatral com as peças Coração Dark Room, indicada ao premio do Festival Papo Mix, entre outros prêmios. Não conte a ninguém ganhou como 3° melhor espetáculo LGBT, participou dos principais Festivais sobre Diversidade como Mix Brasil, Boys and Girls, etc. Sua montagem mais recente foi A SOCIAL, peça jovem que ficou em cartaz no Espaço dos Parlapatões. Over (2005) peça vencedora do Festival Nacional Curta Teatro - SESI (Melhor espetáculo, iluminação e melhor ator); Internos (2004) que recebeu diversos prêmios em diversos festivais de teatro.

FICHA TECNICA
Dramaturgia, concepção e interpretação: Ricardo Corrêa
Artistas provocadores: Gabriela Rabelo, Debora Raquel e Davi Reis
Apoio cultural: Antrato Rouparia e Neon Arcks

SERVIÇO
De 02 a 31 de Março, Quartas e Quintas às 21hs na FUNARTE
Alameda Nothmann, 1058.
INGRESSOS: R$ 30,00
(11) 3662-51776

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Fotos: Divulgação

A Redação
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code