NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Em entrevista Yoko Ono fala da bissexualidade de John Lennon

Em Neon: segunda-feira, 19 de outubro de 2015


Em entrevista exclusiva ao site The Daily Beast, a viúva de John Lennon declarou uma possível bissexualidade do Beatle. 35 anos após sua morte, o grande  John Lennon ainda é notícia.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Durante a entrevista Ono falou sobre o porquê de Mark David Chapman, o assassino de Lennon, deve ficar na cadeia para sempre, a "dor" que ela divide com Paul McCartney, drogas e, para a surpresa dos beatlesmaníacos, a verdade sobre a bissexualidade de John.

Quando perguntado a Yoko sobre sua sexualidade, Ono ri. "Eu acho que a minha sexualidade é extremamente antiquada. Muitas pessoas pensam que eu sou uma mulher forte. Eu nunca pensei sobre isso, mas provavelmente eu sou. Talvez eles pensem que eu realmente não goste de homens, mas isso não é verdade. Eu gosto de “relações normais”, no que quer que "uma relação normal" seja.

O jornalista Tim Teeman pergunta se ela já teve relações sexuais com uma mulher ou foi atraída por elas, ao que Ono responde: "Bem, isso é outra coisa. John e eu tivemos uma grande conversa sobre isso, dizendo, basicamente, que todos nós devemos ser bissexuais. E nós estávamos em uma situação de pensar que não éramos [bissexuais] por causa da sociedade. Então, nós estávamos escondendo o outro lado de nós mesmos, que é menos aceitável. Mas eu não tenho um forte desejo sexual por outra mulher. Não realmente, não sexualmente."

Já sobre Lennon ela revela: "Acho que ele queria ter relações sexuais com outros homens, mas ele era muito inibido. Ele me disse:'Eu não me importo que não seja um cara incrivelmente atraente. É muito difícil: eles teriam de ser não apenas fisicamente atraente, mas mentalmente muito avançados também. E você não pode encontrar pessoas assim’, confessou Lennon à esposa.

Tim pergunta sobre o velho boato de que Lennon tinha relações sexuais com Brian Epstein (o empresário dos Beatlhes), e Ono rebate com as palavras do próprio Lennon: “Ele mesmo disse: ‘Bem, era quase um caso de amor, mas não completamente. Ele nunca foi consumado. Mas foi um relacionamento muito intenso’, mais tarde, o amigo de Lennon Pete Shotton, disse que ele havia lhe dito que ele permitiu que Epstein o masturba-se."

Segundo a entrevista reveladora de Yoko Ono, ao que tudo indica, Lennon era um bissexual dentro do armário e, ao menos enquanto esteve casado com ela, não deixou aflorar seus desejos mais íntimos.

Fotos: Kishin Shinoyama /  Hoffman / Reprodução

A Redação

 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code