NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Leitura dramática da peça 'Cama Quebrada' encerra Cultura & Diversidade na semana da parada do Orgulho LGBT de São Paulo

Em Neon: quarta-feira, 3 de junho de 2015


Em comemoração à Semana da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (04 a 07 de junho), a Secretaria da Cultura do Estado, por meio de sua Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias, em parceria com o Museu da Diversidade Sexual e a Diversa, Arte e Cultura, realiza diversas atividades para abordar temas que vão da homofobia à valorização da diversidade sexual.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

As atividades são gratuitas e não necessitam de inscrições. No dia 6 serão apresentados filmes com temática LGBT, seguido por leitura dramática da peça “Cama Quebrada”.

Às 14h30 serão exibidos o documentário “Não Gosto de Meninos” (2011), de André Matarazzo e Gustavo Ferri, e o curta-metragem “Eu Não Quero Voltar Sozinho” (2010), de Daniel Ribeiro.

Às 16h será promovida uma leitura dramática da peça “Cama Quebrada”, de Roberto Muniz Dias, com direção de Clóvis Torres e participação dos atores Gustavo Haddad e Marcelo Schmidt.

Roberto Muniz Dias é romancista, artista plástico e mestre em Literatura pela UnB (Universidade de Brasília). Foi premiado pela Fundação Monsenhor Chaves com menção honrosa pela obra “Adeus a Aleto”. Clóvis Torres é formado em Comunicação Social, especializado em jornalismo literário, ator, produtor e foi curador do projeto de leituras dramáticas "Letras em Cena" no Masp. O ator Gustavo Haddad já fez mais 10 trabalhos na televisão, entre eles, “Malhação” (Globo), “Canavial de Paixões” (SBT) e interpretou o homossexual Agnaldo em “Cidadão Brasileiro” (Record). O último trabalho de Marcelo Schmidt na televisão foi o boliviano Valentin, em “Amor à Vida” (Globo).

Também, em comemoração aos três anos do Museu da Diversidade Sexual, será exposta a mostra “Três anos Com Muito Orgulho!”, no saguão do primeiro andar do prédio, reunindo obras que foram expostas no Museu ao longo desses anos, como “Crisálidas Moda & Diversidade”, “Diversidade Futebol Clube” e “Todos Podem Ser Frida”.

As ações têm apoio do Conselho Estadual dos Direitos da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais de São Paulo, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, bem como da Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual.


Serviço
Cultura & Diversidade na semana da parada do Orgulho LGBT de São Paulo
Entrada: Gratuita
Dia: 06/06/15

Horários: 14h30 (filmes) – 16h (leitura dramática)
Local: Secretaria de Estado da Cultura – Auditório
Rua Mauá, 51 -1º andar – Luz – Prédio da sala São Paulo

Foto: Facebook e reprodução / arte divulgação Em Neon

A Redação

 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code