NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

terça-feira, 28 de abril de 2015

Beat 2 Beat: Pai e cover de Michael Jackson unem-se a cantor brega em videoclipe que faz apologia ao uso de álcool

Em Neon: terça-feira, 28 de abril de 2015

Parece pegadinha, mas não é! Parece até o fim do mundo, mas não é! Parece que acordei bêbado, mas estou sóbrio!

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Hoje (28/04/2015) aconteceu o lançamento do "videoclipe" da "música" "Moon Álcool - Dança do Michael" (ou eu deveria dizer "Lepo-Lepo 2") do cantor Thiago Matheus.

Não bastasse a enxurrada de cantores nesse "estilo", que tomaram conta dos canais de TV e das estações de Rádio, chegou a vez de mais um "artista" surgir da profundezas do próprio inferno para lançar uma música que faz apologia ao consumo de bebidas alcoólicas.

Com a intenção de dar um tom "engraçadinho" ao seu som, o cantor resolveu brincar com o clássico passo do Rei do Pop, o "Moonwalker", em uma letra boba, que conta que quando ele e os amiguinhos saudáveis bebem vodka, se unem para fazer o "Moon Álcool".

Não bastasse a produção óbvia do "videoclipe", para a surpresa (SÓ QUE NÃO) dos fãs de Michael Jackson, é a participação do próprio pai do Rei do Pop, Joe Jackson, e de um sósia que se auto-intitula "MJ Legend".

Nas cenas armadas do cover chegando em um suposto  escritório do Sr. Jackson e convidando-o para conhecer o cantor que quer "homenagear" Michael Jackson, fica impossível eleger quem é pior como ator.

E segue o "videoclipe" com direito a cenas gravadas em Las Vegas, muito Moonwalk e "bons drinks".

O vídeo parece ter a ingênua missão de "popularizar" o Rei do Pop entre os "não fãs" de seu estilo. A participação do pai de Michael soa como algo vindo de um verdadeiro "mercenário", disposto a tudo por alguns dólares. Fico me perguntando se Joe entendeu a letra?

Sobre o tal cover? Melhor nem comentar! Só posso dizer a ele, caso ele leia esse texto um dia, que Michael Jackson não usava maquiagem de palhaço. Usava base na cor mais próxima da pele dele e pontos mínimos de corretivo para cobrir as manchas deixadas pelo vitiligo.

Como fã de Michael Jackson desde a minha infância, me sinto envergonhado pela "situação" que este tipo de "homenagem" gera.

Lembrando que Michael Jackson nunca foi consumidor de bebidas alcoólicas e nunca precisou beber para dançar magicamente como dançava.

Infelizmente, faleceu em função de outro vício: Uma dose que ele mesmo se aplicou de um remédio para dormir.

Daí, simplesmente não consigo entender o que há de positivo em associar a imagem dele ao álcool.
Não que eu não beba, ou seja um moralista de plantão. Bebo sim, raramente, mas bebo.

Acredito que o videoclipe dividirá opiniões e que muitos se ofenderão pelas minhas palavras, mas para mim, o legado de Michael Jackson deveria ser tratado com respeito e não como piada!

Usar a desculpa de uma "homenagem", para se autopromover, certamente não é algo com que eu, algum dia, vá concordar!

Para fins ilustrativos, assista ao "videoclipe" se você tiver estômago. Eu perdi até o apetite!




Imagens; Reprodução

Por Maurício Code - Via MJVIPClub - CLIQUE AQUI para ver outras matérias escritas por Maurício Code.

Maurício Code é designer gráfico, atuante no mercado desde 1995, DJ produtor, criador do selo Code Art Design (www.codeartdesign.com.br) e promoter de eventos na noite carioca através da pop4fun. Em seu curriculum destacam trabalhos para artistas nacionais e internacionais, remixes disponibilizados gratuitamente na internet além de trabalhos como visagista para cinema e televisão.


 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code