NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Literatura: ‘Amores, Truques e Outras Versões’ questiona o sexo casual em tempos tecnológicos

Em Neon: quinta-feira, 1 de janeiro de 2015


A banalidade, ou não, do sexo pelo sexo... A futilidade, ou não, do sexo sem compromisso... A busca pelo próximo corpo, para um sexo casual, aquela máxima de que quantidade é a qualidade, rostos sem nome, nomes sem rostos, nomes certos, nomes errados, nomes certos/errados... Química aqui nada tem a ver com matéria escolar, ou será que tem?

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

A promiscuidade gay é despida de forma crua. A troca de parceiros como quem troca de roupa, o ato de conhecer desconhecidos e desconhecê-los em seguida, mostra uma realidade cada vez mais presente no universo homo: a necessidade latente de fazer a maior variação de corpos possíveis na cama, colecionar transas como quem colecionava figurinhas na infância. Não apegar-se, mas apagar-se o fogo das entranhas, é o objetivo do personagem que o autor Alex Andrade nos apresenta para mostrar a verdadeira e atual situação a que pessoas se submetem em nome do prazer.

É inegável que as Redes Sociais promovem encontros fortuitos com muita facilidade. Aplicativos de “pegação” mais ainda. Isso tornou o sexo uma mercadoria de troca rápida. Dá para pegar um cara aqui e se esse não agradou, já ter outro a poucos metros te chamando no aplicativo e se não é esse, quem sabe o outro... A fila (para onde?) anda...

Um toque diferente no celular escraviza. A espera angustiante de um novo “plim”, ou seja lá qual barulho for, pode levar o homem, sexualmente ávido por sexo, à loucura.

Essa torrente de (falsas) paixões é explicitamente narrada por Alex Andrades em seu livro “Amores, Truques e Outras Versões”. A sugestiva capa mostra que nas páginas a serem lidas, homens querem tragar homens. E tragam, fumam, exalam, expelem, repelem, atraem... Homens com sede e fome de homens.

Photoshop, óculos escuros, as melhores fotos, os melhores ângulos, os melhores... Truques, enganações, esquemas de uma possível aprovação que podem ir por água abaixo na hora do “real”. Dificilmente não virá à cabeça a incrível frase: “Como você é diferente da foto”, por sorte, por muita sorte, o “ao vivo” supera as expectativas, mas como dizem “se não tem tu vai tu mesmo”, às vezes come-se gato por lebre e ainda lambem-se os beiços.

Alex mostra a escravidão na qual a tecnologia nos prendeu, a necessidade desenfreada de um simples cabo para ligar a webcam, pode simplesmente levar um homem à morte. Risos. A morte que ronda encontros às cegas, furtivos, quem será aquele da foto? Alguém do bem? Alguém do mal? Quem pode saber? Quem quer arriscar? Quem vai sobreviver ou matar? Seja a vontade ou a alma? São os riscos dessas paixões.

Em certa altura do livro lê-se “a vida com a tecnologia perdeu espaço para carinhos e afetos. Não há expansão do amor quando o interesse é outro”. Meu Deus, quantos não vivem essa verdade? Quantos deixam de se entregam ao calor do coração para se abrasar apenas no corpo? Congelam o sentimento e fervilham na volúpia? Pois é só isso que importa, o gozo, o prazer e, literalmente, a quantidade.


A passagem sexual com um religioso pode excitar os mais “pagãos” ou horrorizar os mais devotos.

O que vemos no livro é uma triste realidade em que não importa o futuro, e sim viver o aqui e agora. Conjugar verbos no presente. Não há como perder as "oportunidades" que a vida oferece.

Tanta procura, tantos nomes, tanto de tanto, não acabam por tornar um homem solitário demais? Tanta procura não afasta a pessoa de encontrar a si mesmo?

E quem vive nesse frenesi pode pensar em amor? O personagem de Alex resvala nesse sentimento, roça nessa possibilidade, mas... Só quem ler seu livro saberá o rumo que o amor pode, ou não, dar à vida desse personagem.

"Amores, truques e outras versões", o romance de Alex Andrade, poderia ser um mero livro de contos eróticos, mas não é, nem de longe, é sim um livro que leva o leitor à reflexão da atual realidade virtual, homossexual, etc e tal.

Foi uma escolha ousada do ator, mas bem pertinente a essa época de tantos relacionamentos calcados em aplicativos para encontros meramente sexuais, furtivos e sem profundidade.

Características Detalhadas:
Título: Amores, Truques e Outras Versões
Autor: Alex Andrade
Número de páginas: 110 páginas
ISBN: 9788560676897
Encardernação: Brochura
Ano de edição: 2014
Edição: 1ª

Imagens: Divulgação

Por: Eduardo Moraes - CLIQUE AQUI e leia mais artigos de Eduardo Moraes.

Eduardo Moraes é jornalista formado pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) além de fotógrafo há 15 anos. Em seu curriculum estão o Jornal e Site Abalo, a Exposição O "T" da Questão e o Livro Avesso - Meu Lado Certo. Atualmente é editor-chefe do site www.EmNeon.com.br

 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code