NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Agito Cultural: Apresentando João Loureiro Filho, nosso novo colunista

Em Neon: segunda-feira, 5 de janeiro de 2015


No final do ano passado, fomos assistir ao Show de Deena Love no Teatro Rival e tivemos o prazer de conhecer João Loureiro, que pelo mundo tem vários pseudônimos: Rayfer, Meduso, Troiano, Malukinhow...

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Em meio a nossas conversas vimos algo em comum e um potencial colunista de cultura para o Em Neon. Convite feito, convite aceito. João vai escrever uma coluna onde comentará o que acontece em nosso High Society cultural e outra sobre os filmes LGBT.

João paira pelo mundo cultural, desde criança, quando era “hominho” e se deleitava com peças infantis como “O Rapto das Cebolinhas”, “Pluft, o Fantasminha”, “A bruxinha Que Era Boa” entre outras. Passou então a navegar pelas páginas mágicas de livros sensacionais que me ensinaram a ser o que ele é hoje: O Menino do Dedo Verde, O Menino do Espelho, O Pequeno Príncipe...

Mas vamos deixar que o próprio João continue sua apresentação: “Quando já achava que minha vida poderia ser totalmente fantástica e criativa, vivendo nos mundos teatrais e literários, descobri uma tela enorme e gigantesca que passava verdadeiras obras de arte tais quais: "Super Xuxa Contra o Baixo Astral", "Os Saltimbancos Trapalhões", e o melhor de tudo, ainda ganhava chocolates, pipocas e refrigerantes todas as vezes que ia ao cinema.

Fui crescendo, me tornando consciente, fui mudando a forma de pensar, mas só não mudei uma coisa: O amor pela cultura e pelas artes. Fui me aprofundando, descobrindo, fuçando, ganhando, comprando, trocando, achando e como resultado, tornei-me um expert no assunto que mais gosto: A CULTURA.

Fiz  alguns cursos de teatro, descobriu-me ator (péssimo, canastrão e atormentado). Fiz aulas de canto e me descobri cantor, mas nem pra cantor de banheiro eu sirvo (risos).

Por ter ido em diversas peças e assistido milhares de filmes, descobri-me crítico e aí sim vi que minhas opiniões poderiam ajudar muitas pessoas a se decidirem e se descobrirem diante de assuntos dos quais ignoravam, desconheciam ou não davam importância. Descobri que mesmo quando a crítica não era bem aceita, ela pelo menos instigava a pessoa a se confrontar comigo e daí surgir interessantes discussões, diálogos repletos de argumentos, opiniões e pontos de vista.

Como é impossível saber de tudo ao mesmo tempo, com o passar dos anos, preferi o cinema, mais precisamente filmes gays e também o teatro (todos os gêneros) e dei conta que essa especialização me tornava um ser humano diferente, conhecedor e divulgador de algo que poucas pessoas tinham acesso. Participei ativamente de projetos de cinema e teatro, repassei de forma simples e popular aquilo que pra muitos, só existia em outro mundo.

Poucos homossexuais sabem da existência de filmes temáticos e GLS, acham que filmes gays são apenas os pornográficos, onde a história é mínima e os diálogos inexistentes (a não ser que gemidos e palavrões contem como conversa), ainda hoje, vejo pessoas importantes no meio LGBT, que embora se digam ativistas e representativas, pouco conhecem desse fantástico e surpreendente mundo cinematográfico, mal sabem falar do filme mais conhecido e mundialmente famoso “Priscilla, a Rainha do Deserto”.

Em vários países do mundo existe um mercado crescente de produtoras e produtores que se especializam nessa temática, passando à frente assuntos e questões que para muitos serviram de experiência, tais quais, AIDS, Casamento Gay, Saída do armário, Transexualidade e muitos outros temas considerados tabus pela sociedade. São gays que escrevem e filmam para gays, héteros que produzem, criam para Gays e fazem o preconceito diminuir.

Já tivemos filmes gays maravilhosos que concorreram ao Oscar e alguns foram até agraciados com algumas estatuetas, Como: “Billy Elliot”, “O segredo de Brockeback Mountain”, “Capote”, “Philadelphia”, “Milk” e por aí vai...

Para fazer minha parte e ajudar a diminuir essa ignorância de alguns em relação aos filmes gays, tive a ideia de fazer um blog onde eu pudesse postar os trailers, os posters, fotos, resenhas especiais criadas por mim, com minhas opiniões, críticas e notas. Alguns até podendo ser vistos Online ou baixados e gravados por downloads em seus próprios computadores.

Como resultado disso eu tenho uma frequência de visitantes acima de 800 por dia, as vezes chegando ao pico de 1000 visitas por dia.

Desse blog surgiu uma cria muito importante que me faz todo dia querer acordar para conversar com as pessoas que é o meu grupo no Facebook, que com um pouco mais de um mês de criação, conta com mais de 26.000 membros, onde os membros podem conversar sobre os filmes, indicarem outros, e até mesmo se conhecerem e interagirem, com brincadeiras e games que eu disponibilizo para quebrar o gelo, e as vezes até unir casais.

Também criei uma página que em menos de 1 mês passou de 500 curtidas, também com o intuito de indicar filmes gays.

Há 8 anos atrás tive a oportunidade de me aventurar no meio do Carnaval de Niterói e desde então sou jurado, sendo nos últimos 6 anos apenas de do quesito Enredo, mas já tendo passado pelos Quesitos Harmonia e Bateria, experiência essa que já está dando novos frutos, pois estou me aprofundando em uma pesquisa e em breve estarei lançando meu livro sobre como explorar bem Enredos Carnavalescos.

A vida me deu a sorte de ter bons amigos e cada vez cultivar novas amizades por onde quer que eu passe, sempre sendo carinhoso, simpático, prestativo e respeitoso com todo mundo, não me envolvendo em fofocas, brigas, inimizades ou picuinhas e por isso, sou sempre convidado a participar de excelentes eventos culturais, sendo festas de filmes e ou espetáculos teatrais, vernissages e lançamentos de livros. E como bons amigos têm de juntos ficarem nos bons momentos, eu participo, prestigio, tiro ótimas fotos e quando posso repasso aos meus conhecidos.

E é para esse mundo que eu quero levar você, visitante desse maravilhoso site, o “Em Neon”, e a ficar por dentro do que acontece e do que está por vir, sempre com fotos, resenhas e as vezes sorteios de brindes, como programas teatrais e outros mimos.

Pra isso basta você antenar-se nas minhas duas colunas para juntos conversarmos, trocarmos figurinhas e porque não, nos tornarmos amigos ?
Beijos e Feliz 2015!"

João Loureiro Filho

Fotos: Corte Carnaval Niterói 2011/ Reproduções


João é ator, cantor, mas descobriu-se crítico e aí sim viu que suas opiniões poderiam ajudar muitas pessoas a se decidirem e se descobrirem diante de assuntos dos quais ignoravam, desconheciam ou não davam importância. Participou ativamente de projetos de cinema e teatro, fez um blog de filmes temáticos LGBT. Em breve irá lançar um livro sobre como explorar bem Enredos Carnavalescos.




 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code