NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

domingo, 16 de março de 2014

Em Neon TV: Mais um final feliz para Félix e Niko - Mateus Solano e Thiago Fragoso eleitos os melhores do ano

Em Neon: domingo, 16 de março de 2014


Félix e Niko, personagens gays vividos por Mateus Solano e Thiago Fragoso em “Amor a Vida”, novela das nove horas que antecedeu “Em Família” na Rede Globo, deu a eles os prêmios de melhor ator e ator coadjuvante, na premiação dos Melhores do Ano, no programa “Domingão do Faustão”.

Ambos ficaram emocionados, principalmente por terem conquistado o público, pois o resultado é dado por votação popular. Sinal que o casal gay caiu mesmo nas graças de todo Brasil.

Fragoso disse que fazer o Niko foi um desafio: "Eu queria trazer um coração para ele. Queria que o público vivesse intensamente a trajetória dele. Queria sair da capa, mostrar um ser humano", ainda tomado de emoção falou sobre o amigo Mateus Solano: "Queria te agradecer muito, sem você não teria esse prêmio", os atores choraram de emoção. Não é por menos, se eles fizeram uma legião de noveleiros chorar, imagina como não iriam se emocionar e emocionar, mais uma vez, àqueles que acompanharam a trajetória de seus personagens.

Concorrendo com Antônio Fagundes, pela mesma novela, e Bruno Gagliasso por Jóia Rara, Mateus Solano levou a melhor e foi recebido de pé pela plateia. "Nao tenho muitas palavras para dizer como me sinto. Tenho mais responsabilidade para fazer um ótimo trabalho para vocês. Quero agradecer muito, muito a vocês. Essa novela me desafiou do primeiro ao ultimo capítulo", disse Solano às pessoas que reconheceram seu trabalho.

Não há como negar que essa novela foi um divisor de águas. Talvez não tenha exterminado o preconceito, mas fez muitos machistas e pessoas menos informadas, entenderem e torcerem pelo amor dos personagens, pois Walcir Carrasco, com seu texto brilhante, conseguiu cativar o telespectador. Que venham mais personagens tão bem escritos para mostrar à sociedade que todos são iguais, com erros e acertos, sejam gays ou héteros, altos ou baixos, gordos ou magros, não importa, o que vale é saber que todos somos humanos e com os mesmos direitos.

Foto: Domingão do Faustão/ TV Globo

Por: Eduardo Moraes

Eduardo Moraes é jornalista formado pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) além de fotógrafo há 15 anos. Em seu curriculum estão o Jornal e Site Abalo, a Exposição O "T" da Questão e o Livro Avesso - Meu Lado CertoAtualmente é editor-chefe do site www.EmNeon.com.br.
 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code