NOVIDADES

COMPORTAMENTO

sexo

Vídeos

Arquivo Em Neon

domingo, 9 de março de 2014

Super T: Entrevista com Janaína Lima, a primeira presidente Travesti do Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual de São Paulo

Em Neon: domingo, 9 de março de 2014


É uma grande vitória para a causa das Travestis e Transexuais, pela primeira vez na história, o Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual de São Paulo elege uma Mulher Travesti.

CURTA O EM NEON NO FACEBOOK

Deste a sua criação, nunca antes uma pessoa travesti tinha ocupado algum cargo dentro do Conselho. O fato sempre foi cobrado por nós e agora, no ultimo dia 27 de fevereiro, foi feita uma eleição e Janaína Lima venceu por unanimidade. Com isso, teremos além de uma presidente, uma vitória histórica a ser comemorada. 

Janaína Lima é Pedagoga e atualmente Técnica Especializada no Centro de Referência da Diversidade.

Em entrevista, Janaína disse estar ciente de como é difícil fazer um trabalho para combater a discriminação e o preconceito. "A Nossa População ganha visibilidade, pois quando olharem para a presidente, verão uma Travesti e nós sentiremos que podemos mudar a visão que a sociedade tem de todas nós!", disse a nova presidente do Conselho.

Abaixo segue entrevista feita com Janaína após vencer a eleição: 
Kimberly Luciana Dias: E quais são suas metas nesse mandato?
Janaína Lima: Meu papel será o de presidir as sessões ordinárias do Conselho em 2014, todas as outras metas e representações e de todas e todos conselheiras e conselheiros, isso sempre deve ser responsabilidade compartilhada!

KLD: As Travestis e Transexuais terão visão especial a partir de agora?
JL: Acredito que o fato de termos uma Presidente Travesti, já diz o quanto estamos sendo vistas, não diria especial, mas diria que agora é a nossa vez de trabalharmos e darmos o nome!

KLD: Como será agora, terá que deixar de atuar no Centro de Referência da Diversidade (CRD)?
JL: Não tenho pretensão de abandonar meu trabalho, e o Centro de Referência da Diversidade é um desafio que ainda não superei, mas também não fui vencida!

KLD: Você acredita que pode sofrer preconceito do próprio meio LGB, acharem que uma pessoa Travesti não seja capaz de ocupar esse cargo? Como irá lidar com essa hipótese?
JL: Eu acredito que o preconceito eu já sofro no meu dia a dia, se isso acontecer será mais um fato, combato isso, como a Valesca Popozuda, só de Beijinho no Ombro!

KLD: Sensação de dever Cumprido?
JL: Sensação de cumprir mais uma meta, que é a visibilidade das Travestis e ocupar um cargo sem remuneração em dinheiro, mas com um retorno pessoal e profissional que poderá ser negativo ou positivo, mas se conseguir alcançar alguma meta do nosso Plano Municipal, de acordo com o estabelecido, já teremos parte do dever cumprido! 

A equipe Em Neon parabeniza Janaína e deseja-lhe um excelente mandato.

Fotos: Facebook de Janaína

Por: Kimberly Luciana Dias

Kimberly é Blogueira (www.mundot-girl.blogspot.com.br) , Estilista e Must em acessórios para quem faz shows. Natural da cidade de Fernandópolis, interior de SP, é dona de alguns Títulos de Beleza e Talento Profissional. É atuante na militância pelos direitos das Travestis e Transexuais. 

 
Todos os direitos reservados para © 2014 Em Neon
Desenvolvido por Code Art Design by Maurício Code